Carregando...
Você está aqui:  Home  >  Política  >  artigo atual

Confira os locais do exame da Sesdec que acontece no domingo

De   /  11 de agosto de 2017  /  Sem comentários

    Imprimir       Email

Cerca de 700 policiais e bombeiros estarão envolvidos na realização do certame

Os candidatos que vão fazer a prova do Programa de Prestação Voluntária de Serviço Administrativo (PPVSA) neste domingo (13) precisam ficar atento ao horário de abertura e fechamento dos portões. Os inscritos poderão acessar os locais de prova a partir das 13h e os portões serão fechados às 13h50, no horário local.

Os 200 aprovados no processo seletivo irão atuar nas atividades relacionadas ao videomonitoramento, call center 190, atendimento ao público e em algumas unidades e serviços administrativas, como arquivamento e produção de documentos da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros.Ao todo, são 6.733 candidatos incritos, destes 58 são pessoas portadoras de necessidades especiais. A avaliação terá duração de quatro horas e serão realizadas nas cidades de Porto Velho, Ariquemes, Guajará- Mirim, Vilhena, Cacoal e Ji-Paraná. A consulta das 13 escolas estão disponíveis aqui

Além da prova objetiva, serão realizados exame médico. Os selecionados para os cargos disponíveis irão receber uma remuneração 1.288,00 Se o contrato for estendido por mais um ano será acrescido de mais R$ 200,00.

As provas começam às 14h e o candidato deve levar um documento de identidade original, como RG e CNH, por exemplo e caneta esferográfica preta ou azul.

“Os gabaritos oficiais das questões objetivas serão divulgados pela banca no dia 14 de agosto. Os candidatos terão dois dias a partir da data de divulgação do gabarito para entrar com interposição de recurso sobre a questão objetiva da prova teórica. Os resultados dos convocados para a segunda etapa serão apresentados posteriormente”, esclareceu o gerente de Integração Policial e Fronteiras da Sesdec, coronel André Luiz Glanert.

Sobre a atuação do efetivo da Polícia Militar nas diversas funções para a realização da prova explica Glanert, ao todo serão empregados 700 policiais entre militares e bombeiros. “Disponibilizamos um efetivo considerado para esse fim, que é de promover a segurança das provas e também dos candidatos”, frisou o coronel.

– Texto: Márcia Martins

    Imprimir       Email
  • Publicado: 2 meses atrás, em 11 de agosto de 2017
  • De:
  • Última modificação: agosto 11, 2017 @ 2:51 pm
  • Arquivado em: Política

Sobre o autor

Mictmr1964

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode gostar também...

SUFRAMA discute cadeia solar fotovoltaica no PIM com empresas

leia mais →