Carregando...
Você está aqui:  Home  >  Colunas  >  artigo atual

74 anos de criação do Território Federal do Guaporé

De   /  13/09/2017  /  Sem comentários

    Imprimir       Email

Há exatamente 74 anos, os estados do Amazonas e Mato Grosso foram obrigados dar adeus a um pedaço de seus territórios. No dia 13 de setembro de 1943, O “Território Federal do Guaporé” foi criado pelo decreto-lei nº 5.812, a área que correspondia às regiões do Amazonas e Mato Grosso passou a constituir o território federal do Guaporé.

Getúlio Vargas

Localizado na Região Norte do país, com uma área de 237 590,547 km², foi criado o novo Território Federal do Guaporé que se consolidou após a visita do então presidente Getúlio Vargas à região, primeiro presidente a visitar Porto Velho, época em que nossa capital era município do Estado do Amazonas. Hoje aproximadamente com 1,7 milhão de habitantes, segundo (IBGE). Sua capital, Porto Velho, abriga mais de 519.436 mil habitantes.

Nomeado

Para administrar a região, foi nomeado como governador o militar, major Aluízio Pinheiro Ferreira, sucedido posteriormente pelo também militar, Cândido Mariano da Silva Rondon, mais conhecido como Marechal Rondon. Ambos realizaram estudos apontando as principais demandas da região, como estradas, hospitais e escolas. Além de ser o primeiro Governador do Território do Guaporé, o major Aluízio Pinheiro Ferreira, que anteriormente havia sido também o primeiro diretor brasileiro da Estrada de Ferro Madeira Mamoré, Aluízio Ferreira foi nomeado pelo Presidente Getúlio Vargas em 1931.

Homenagem

Em 17 de fevereiro de 1956 ouve uma transformação através da Lei nº 2.731 o Território Federal do Guaporé muda de nome, passa a ser chamado de “Território Federal de Rondônia”, em homenagem ao marechal Cândido Rondon, tendo como governador Jaime Araújo dos Santos, nomeado pelo Presidente da República o primeiro governador do território Federal de Rondônia com mandato de14 de outubro de 1956 a 6 de novembro de 1958.

Coronel Guedes

Entre tantos outros, o Coronel Humberto da Silva Guedes foi o 17º governador do território Federal de Rondônia nomeado pelo Presidente da República em 20 de maio de 1975, até 2 de abril de 1979. Ficando o Coronel Jorge Teixeira de Oliveira como o 18º e ultimo governador do território, nomeado pelo Presidente da República com mandato de 10 de abril de 1979 a 4 de janeiro de 1982.

Categoria de Estado

Somente em 22 de dezembro de 1981, o território Federal de Rondônia é elevado à categoria de Estado através da Lei Complementar nº 41 e, em 04 de Janeiro de 1982 é empossado o Coronel Jorge Teixeira de Oliveira como o primeiro governador do 23º estado do Brasil. O novo estado contava com apenas 13 municípios: Porto Velho, Ariquemes, Cacoal, Colorado d’Oeste, Costa Marques, Espigão d’Oeste, Guajará Mirim, Jaru, Ji-Paraná, Ouro Preto d’Oeste, Pimenta Bueno, Presidente Médici e Vilhena.

Atualmente, Rondônia apresenta 52 municípios.

Eldorado

Um novo Eldorado para os brasileiros de todas as regiões. Um porto seguro para famílias em busca de um sonho de uma vida melhor. O Estado que abriu os braços para as diversas culturas, os mais variados costumes e sotaques. Assim pode ser classificado Rondônia, de uma forma mais simplificada do que realmente ele merece.

Primeiros municípios

Somente em 1977, o então Governador Humberto da Silva Guedes, nomeado governador pelo presidente da Republica Ernesto Geisel preparou a transformação do Território Federal em Estado, trabalhou junto ao Presidente para viabilizar a criação de mais cinco municípios: Ariquemes, Ji-Paraná, Cacoal, Pimenta Bueno e Vilhena, que aconteceu através da Lei nº 6448 de 11 de outubro de 1977. Sua administração foi direcionada aos projetos de estruturação do Território para que reunisse condições favoráveis para ser elevado à categoria de Estado.

Instalação  

Reivindicou e conseguiu que o presidente Geisel visitasse Rondônia com vistas à criação dos primeiros municípios. Os quais foram criados e instalados em sua gestão. Reestruturou o governo através de amplas reformas administrativas, construiu a Esplanada das Secretarias, concluiu as obras da Usina Hidrelétrica de Samuel, elaborou o Programa Polonoroeste e transformou a Guarda Territorial em Policia Militar. Guedes “plantou” as bases do futuro estado, abrindo as primeiras estradas e investiu recursos financeiros do extinto Ministério do Interior, da Superintendência de Desenvolvimento da Amazônia (Sudam) e da extinta e depois “ressuscitada” Superintendência de Desenvolvimento do Centro-Oeste Brasileiro (Sudeco). Enfrentou grave crise na política em decorrência das eleições de 1976, para deputado federal. Seu período de governo foi de 20 de mai de 1975 a 02 de abril de 1979.

Homenagem

– Ficam, aqui, nossas homenagens ao coronel Humberto da Silva Guedes, e tantos outros Precursores do Estado de Rondônia que trabalharam pela criação e estruturação do eldorado rondoniense.

*Autor-Fonte: Edilson Neves, jornalista, Diretor e Editor do Jornal Correio de Notícias de Rondônia – Registro DRT/0001047/RO)

– Com Informações do historiador Anísio Gorayeb

    Imprimir       Email
  • Publicado: 2 meses atrás, em 13/09/2017
  • De:
  • Última modificação: setembro 14, 2017 @ 7:52 am
  • Arquivado em: Colunas, Edílson Neves

Sobre o autor

Mictmr1964

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode gostar também...

Uma frase óbvia que as redes sociais transformaram em puro besteirol

leia mais →