Carregando...
Você está aqui:  Home  >  Economia  >  artigo atual

Confiança do Empresário do Comércio alcança 107,5 pontos em outubro

De   /  13/11/2017  /  Sem comentários

    Imprimir       Email

São Paulo, 13 de novembro de 2017 – Pela terceira vez consecutiva, o comerciante do município de São Paulo se mostrou mais confiante, sentimento captado pelo Índice de Confiança do Empresário do Comércio (ICEC), que registrou alta de 1,2%, ao passar de 106,2 pontos em setembro para 107,5 pontos em outubro, o maior patamar desde abril de 2014. Na comparação com o mesmo mês do ano passado, quando o índice registrou 92,6 pontos, o crescimento foi de 16%.

Apurado mensalmente pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP), o ICEC varia de zero (pessimismo total) a 200 pontos (otimismo total).

De acordo com a pesquisa, as empresas com menos de 50 funcionários, registraram alta de 1,3% na confiança em outubro, passando de 105,9 pontos em setembro para 107,3 pontos no mês. Nas companhias com mais de 50 empregados, o ICEC recuou 4,2% e passou de 120,3 para 115,3 pontos em outubro. No comparativo anual, tanto as pequenas como as grandes empresas registraram crescimento na confiança, de 16% e 15,3%, respectivamente.

As pequenas empresas, desta vez, tiveram um desempenho um pouco melhor, com a confiança crescendo pelo terceiro mês consecutivo e atingindo o maior patamar desde abril de 2014. Todavia, a Federação ressalta que o comportamento da confiança das grandes empresas, na pesquisa, é mais volátil, dada a amostragem menor do que a de pequenas empresas.

Indicadores

O IIEC (Índice de Investimento do Empresário do Comércio) subiu pelo terceiro mês consecutivo, com o avanço de 2,7%, ao passar de 90,5 pontos em setembro para 92,9 pontos em outubro, a maior pontuação desde janeiro de 2015. Em relação ao mesmo mês de 2016, o indicador apresentou elevação de 15,1%.

De acordo com a FecomercioSP, a confiança dos empresários voltou a melhorar na passagem de setembro para outubro. De uma maneira geral, o otimismo em relação à economia se consolida a cada mês baseado, principalmente, na manutenção da melhoria do emprego e da renda, o que acelerou o ritmo das vendas no comércio e abriu espaço para novos investimentos.

– Assessoria de imprensa FecomercioSP

    Imprimir       Email
  • Publicado: 7 dias atrás, em 13/11/2017
  • De:
  • Última modificação: novembro 13, 2017 @ 9:15 am
  • Arquivado em: Economia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode gostar também...

PIM fecha setembro com avanços nos indicadores de faturamento e mão de obra

leia mais →