Carregando...
Você está aqui:  Home  >  Economia  >  artigo atual

BASA recebe nota máxima em Indicador de Governança do Ministério do Planejamento

De   /  14/11/2017  /  Sem comentários

    Imprimir       Email

O Banco da Amazônia recebeu o Certificado do Indicador de Governança – IG-Sest, iniciativa do Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, que tem o objetivo de acompanhar o desempenho da qualidade de governança das empresas estatais federais. O Banco atingiu a nota máxima – o Nível 1 – nesta certificação, ficou classificado em 6º lugar entre as 48 empresas avaliadas e foi o 3º no segmento bancário.

A entrega foi realizada pelo ministro do Planejamento, Dyogo Henrique de Oliveira, em cerimônia realizada em Brasília. O representante do Banco, Diretor da DINEG,  Valdecir Tose, recebeu o “Certificado com Selo de Governança SEST”.

O objetivo do IG-SEST, além de acompanhar a qualidade da governança das empresas estatais federais, também visa mensurar o cumprimento dos requisitos  exigidos  pela  Lei  nº  13.303/2016, regulamentada  pelo  Decreto  nº  8.945/2016  e  a aderência das estatais as diretrizes  estabelecidas  nas Resoluções da Comissão  Interministerial  de  Governança  Corporativa  e  de Administração  de  Participações Societárias da  União  – CGPAR,  que  buscam conformidade com as melhores práticas  de  mercado e maior nível de excelência.

O IG-SEST é composto por três dimensões: Gestão, Controle e Auditoria; Transparência das Informações; e Conselhos, Comitês e Diretorias, classifica a empresa estatal em 4 Níveis de Governança, sendo quanto menor, melhor.

O excelente resultado  alcançado nesta primeira avaliação demonstra o compromisso do Banco da Amazônia na adoção  das melhores práticas de Governança Corporativa.

www.ocombatente.com/2017/11/14/banco-da-amazonia-recebe-nota-maxima-em-indicador-de-governanca-do-ministerio-do-planejamento/

    Imprimir       Email
  • Publicado: 6 dias atrás, em 14/11/2017
  • De:
  • Última modificação: novembro 14, 2017 @ 8:26 am
  • Arquivado em: Economia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode gostar também...

PIM fecha setembro com avanços nos indicadores de faturamento e mão de obra

leia mais →