Carregando...
Você está aqui:  Home  >  Municípios  >  artigo atual

Audiência pública em Extrema vai debater emancipação de distritos

De   /  07/12/2017  /  Sem comentários

    Imprimir       Email

Programada para março, audiência vai discutir o PLP 137/15, que dispõe sobre criação de municípios

Uma comissão de moradores que integram a Associação de Desenvolvimento de Moradores e de Emancipalistas do Distrito de Extrema (Asmeron), se reuniu na manhã desta quarta-feira (6), com o presidente da Assembleia Legislativa, Maurão de Carvalho (PMDB), solicitando apoio para a realização de uma audiência pública, com a finalidade de debater a emancipação dos distritos de Rondônia.

Sabedor da situação de Extrema, que já realizou inclusive plebiscito, vencendo a opção de emancipação, Maurão de pronto acatou o pedido e vai aprovar em plenário a realização de uma audiência pública em Extrema, programada para o dia 2 de março de 2018, com o objetivo de debater o PLP 137/2015, que tramita no Congresso Nacional e dispõe sobre a criação, fusão, incorporação e desmembramento de municípios.

O presidente da Asmeron, Aparecido Bispo, informou que o deputado federal Carlos Henrique Gaguim (PODEMOS/TO), que é relator da matéria, deverá estar presente à audiência pública. “É preciso uma mobilização da nossa bancada, para a aprovação desse PLP 137, que abriria caminho para a criação de novos municípios”, observou.

Em Rondônia, além de Extrema, Tarilândia, distrito de Jaru, também já realizou plebiscito e está um passo adiante no processo de emancipação. “A autonomia política e administrativa é importante para assegurar o desenvolvimento das localidades. Em Rondônia, muitos distritos já são maiores e economicamente mais fortes do que diversas cidades, reunindo plenas condições de emancipação”, finalizou Maurão.

– Autor: Eranildo Costa Luna

    Imprimir       Email
  • Publicado: 1 semana atrás, em 07/12/2017
  • De:
  • Última modificação: dezembro 7, 2017 @ 8:23 am
  • Arquivado em: Municípios

Sobre o autor

Mictmr1964

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode gostar também...

Justiça proíbe dentistas de aplicar botox em pacientes

leia mais →