Carregando...
Você está aqui:  Home  >  Municípios  >  artigo atual

Câmara Municipal de Porto Velho vai gastar meio milhão comprando carros de luxo só para a Presidência

De   /  10/01/2018  /  Sem comentários

    Imprimir       Email

Um dos veículos cotados custa mais de R$ 230 mil

A Câmara de Porto Velho deve desembolsar quase meio milhão de reais para adquirir quatro veículos a fim de atender exclusivamente às necessidades da Presidência – hoje comandada por Maurício Carvalho, do PSDB.

De acordo com o empenho Nº 000666/2017, já à disposição da apreciação popular no Portal Transparência do Poder, serão adquiridos os seguintes automóveis:

Uma caminhonete Toyota Hilux, dois carros de passeio modelo Etios e uma camioneta SUV de luxo SW4.

A frota da Câmara de Vereadores está defasada desde que o ex-presidente Jurandir Bengala, à época do PT, foi pivô de um acidente com vítima fatal, em junho de 2016. Reeleito, Bengala regressou à Câmara para a Legislatura iniciada em 2017, agora pelo PR.

Toyota SW4 – R$ 236.825,00

Toyota Hilux – R$ 147.290,00

Toyota Etios (2) – 47.890,00

TOTAL – R$ 479.895,00

ESPECIFICAÇÕES DA SW4

Valor que se empenha para cobrir despesa com aquisição de veículos, conforme Termo de Referencia nº 43/2017, Parecer Jurídico nº 676/PG/CMPV/2017 e Parecer nº 498/CG/CMPV-2017: – CAMIONETA TIPO SUV DE LUXO PARA ATENDER A PRESIDÊNCIA DA CÂMARA UNICIPAL DE PORTO VELHO COM AS SEGUINTES ESPECIFICAÇÕES: Veículo de luxo para transporte de passageiros em caráter oficial da Presidência da CMPV, tipo camioneta SUV cabine dupla; modelo 2017/2018 ou versão superior; zero quilômetro; COR: preta perolizada ou equivalente; PASSAGEIROS: capacidade para no mínimo 05 (cinco) passageiros; BANCOS: em couro com ajuste de altura, inclinação e distância (manual ou por configuração eletrônica) para o motorista; distância e inclinação para o passageiro; ACESSÓRIOS: air bags frontais e laterais, para motorista e passageiros; multimídia de fábrica; USB; mp3; ar condicionado original de fábrica com termostato (manual ou digital); painel de instrumentos com tacômetro e conta-giros (analógico ou digital); alças de apoio: dianteira lado do passageiro e traseira nos dois lados; trava e alarme de fábrica; sistema de som ambiente de fábrica; tapetes em borracha resistente de fábrica; computador de bordo; DIREÇÃO: direção hidráulica ou elétrica; regulagem de altura; CÂMBIO: transmissão automática, no mínimo 04 marchas (D), “parking” (P) (estacionamento), neutro (N) e ré (R); coluna de direção regulável; console central entre os bancos dianteiros com porta objetos e descanso para braços integrado; piloto automático; controle de tração por acionamento manual ou digital (seletor 4×2, 4×4 e 4×4 reduzida); NÚMEROS DE PORTAS: quatro portas laterais todas com vidros elétricos e porta-malas (5 portas); PARABRISAS: limpador com temporizador (mínimo de duas velocidades) e lavador elétrico do para-brisa para os vidros dianteiro e traseiro; desembaçador dianteiro e traseiro; TANQUE: tanque com capacidade mínima de 70 litros; FARÓIS: com lâmpadas halógenas ou tecnologia LED; indicadores e setas em tecnologia LED ou equivalente; de neblina; sensor de farol; RODAS: em material em liga leve (mínimo ARO 16) com pneus “Off- Road” para todos tipos de terreno, incluindo o aro reserva “step” deverá ser do mesmo modelo de ARO/Pneu dos utilizados para trânsito; CONFIGURAÇÃO DO MOTOR: capacidade mínima de 2.8 litros com mínimo de 4 cilindros em linha (16 válvulas), potência mínima de 170 cv; combustível Diesel; Peito de aço. SUSPENSÃO: Independente, com braços articulados, molas helicoidais, barra estabilizadora e amortecedores telescópicos pressurizados em sua dianteira e traseira; eixo traseiro rígido. FREIOS: ABS de fábrica, com distribuição ou controle eletrônico de frenagem. O veículo deverá conter todos os demais equipamentos obrigatórios exigidos pelo CONTRAN e estar em conformidade com todas as normas do PROCONVE (Programa de Controle de Poluição do ar por veículos Automotores). Veículo deve ser entregue devidamente emplacado e licenciado, sendo o primeiro emplacamento no Estado de Rondônia/RO em nome da Câmara Municipal de Porto Velho – Veículo Oficial, adesivado (conforme modelo a ser informado à licitante vencedora) e com película de segurança dentro dos padrões do CTB. Garantia de Fábrica: 36 meses ou 100.000 (cem mil) km rodados o que ocorrer primeiro, assistência técnica prestada no município de Porto Velho/RO, Estado de Rondônia. O vencedor do certame deverá comprovar através de ALVARÁ DE FUNCIONAMENTO DO ANO EM EXERCÍCIO, emitido pelas prefeituras da sede da empresa credenciada pelo fabricante, para prestar os serviços de revisões periódicas; e eventual cobertura de garantia conforme livreto que acompanha o veículo. ENTREGA TÉCNICA: A entrega técnica deve ser realizada pelo fabricante, ou representante qualificado e autorizado, na Câmara Municipal de Porto Velho – Presidência, a fim de transmitir informações técnicas relativas à operação, manutenção e segurança do veículo, para no mínimo 02 (dois) motoristas. Modelo SW4, Marca Toyota.

– Fonte: www.folhadosulonline.com.br/noticias.php?id_noticias=32565

– Autor: Rondônia Dinâmica

    Imprimir       Email
  • Publicado: 2 semanas atrás, em 10/01/2018
  • De:
  • Última modificação: janeiro 10, 2018 @ 3:35 pm
  • Arquivado em: Municípios

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *