Carregando...
Você está aqui:  Home  >  Polícia  >  artigo atual

Agente penitenciário drogado é linchado por populares

De   /  14/02/2018  /  Sem comentários

    Imprimir       Email

O agente penitenciário J. F. M. P., de 41 anos, foi preso na madrugada desta segunda-feira (12) após efetuar um disparo de arma de fogo na mão de um homem, de 34 anos. O fato aconteceu no Bairro Cuniã, na Zona Leste de Porto Velho. Ele estaria revoltado porque queria drogas e um grupo de amigos disse que não tinha.

De acordo com o boletim de ocorrência, uma moradora contou aos policiais que o agente estava dirigindo um veículo Prisma quando passou em cima de um bueiro e danificou o pneu do carro. Nas proximidades, um grupo de amigos estava bebendo.

Alterado, ele desceu do veículo perguntando por droga e afirmando que queria comprar o produto. A mulher então informou o agente que eles estavam apenas bebendo no local e que não existia nenhum entorpecente.

Com a negativa, J. F. M. P., se irritou, sacou uma arma e passou a ameaçar as pessoas que estavam no local, dizendo que iria matar todos se não vendessem droga para ele. O agente ainda apontou a arma para a cabeça da moradora e de um outro homem que tentavam a todo o momento acalmá-lo.

A ocorrência narra que o infrator acabou se distraindo e a mulher desferiu um soco no rosto dele, fazendo com que a arma disparasse na mão do homem. Populares que presenciaram a ação foram em direção de J. F. M. P.,e ele acabou linchado.

O agente foi desarmado e quando a polícia chegou ele estava detido por populares. A moradora informou aos policiais que teria jogado a arma dentro do veículo do infrator, mas não foi localizada.

Ele recebeu voz de prisão e foi encaminhado para a Central de Flagrantes de Porto Velho.

– Foto: Google

www.rondoniagora.com/policia/agente-penitenciario-e-surrado-por-populares-apos-apontar-arma-para-cabeca-de-mulher-e-atirar-em-homem

    Imprimir       Email
  • Publicado: 2 semanas atrás, em 14/02/2018
  • De:
  • Última modificação: Fevereiro 14, 2018 @ 7:05 am
  • Arquivado em: Polícia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *