Carregando...
Você está aqui:  Home  >  Coluna do Dia  >  artigo atual

Coluna do RK- Bastidores da política nacional e regional

De   /  12/03/2018  /  Sem comentários

    Imprimir       Email

Eleições 2018

Muito se especulou mas, o governador de Rondônia, Confúcio Moura ainda continua no MDB. É fato que ele será candidato ao Senado Federal. Por qual partido, ainda é um mistério. Confúcio é misterioso para falar dos passos políticos que dá. Quando muito, dá pistas através do blog dele.

Ivo Cassol

Em evento da Comissão de Agricultura, o senador Ivo Cassol, pediu orações pelos políticos e criticou a “criminalização da política”. “É muito fácil ficar batendo na classe política. Não basta só ficar criticando a classe política. A maioria das pessoas fala mal e não faz nada”. Ivo foi condenado, em 2013, a quatro anos de detenção por crimes de licitação. Em janeiro deste ano, Raquel Dodge pediu ao STF para que a pena seja executada imediatamente. Cassol ainda não está limpando pátio de escolas.

Expedito

Expedito Júnior está animado para 2018

O ex-senador Expedito Júnior (PSDB) deve aguardar até os últimos minutos do dia 7 de abril para mudar de partido ou permanecer no ninho tucano. O que se sabe é que ele é pré-candidato ao Senado. Ultimamente ele tem evitado dar declarações pessoais sobre o processo eleitoral. Na última que deu, gerou um reboliço danado. Ele dissera que se o Ivo Cassol (PP) conseguisse o registro da candidatura dele ao governo, o PSDB indicaria o vice. E Vice e versa, caso não conseguisse. Uma ala do PSDB porém,  havia indicado José Guedes como candidato. Os tucanos ultimamente andam de bico calado.

Marcos Pereira

Advogado Marcos Pereira

Segundo um assessor, o advogado Marcos Pereira, que pretende disputar o governo de Rondônia pelo PT, está decidido a brigar pela vaga. Há resistências ao nome dele. O assessor informou que Pereira está se estruturando e vem forte. Um plano B estaria sendo cogitado caso não fique no PT.

Fátima Cleide

Ex-senadora Fátima Cleide convoca a militância para reunião no dia 13 de março

E por falar em PT, a ex-senadora Fátima Cleide, da Executiva Nacional do PT e Edson Silveira, Coordenador da Articulação Rondônia, realizam no dia 13 de março, um encontro para debater sobre o futuro da legenda nas eleições deste ano. Será às 19 h na sede do PT em Porto Velho. Fátima é pré-candidata ao Senado Federal. Em recentes enquetes e pesquisas, o nome dela é apontado como primeiro voto da esquerda. O segundo voto esquerdista vai para Aluízio Vidal, da Rede.

Eleições 2018

Saiu nova rodada de pré-candidatos à deputado federal. Confiram aqui . São nomes novos, outros nem tanto. A próxima rodada será para o Senado Federal. É importante o trabalho do Mais RO em divulgar nomes de pré-candidatos, muito deles desconhecidos do grande público, porque a campanha terá apenas 45 dias. O eleitor precisa conhecer em quem vai votar. Em breve serão publicados mini currículos e as fichas corridas de alguns pré-candidatos fichas suja.

Michel e Carminha

A imagem pode conter: 2 pessoas, meme e textoEles não fazem a mínima questão de esconder a tórrida paixão entre os dois. O presidente ultra investigado Michel Temer e a ministra presidente do STF, Carmem Lúcia, a Carminha, estão tendo um caso político judiciário imoral e indecente. Michel é investigado pelo STF de Carminha. O encontro entre ambos na casa de Carminha foi tratado como espúrio.

A imagem pode conter: 2 pessoas, textoA imagem pode conter: 2 pessoas, texto

Questões indígenas

Esperamos que o próximo governador de Rondônia tenha sensibilidade para cuidar dos primeiros habitantes desta terra, os índios. Na semana passada, líderes do povo Karipuna, de Rondônia, estiveram em Brasília mais uma vez para uma série de denúncias de invasão de suas áreas. Ao ministro da Justiça, Torquato Jardim, os indígenas entregaram um mapa com fotos de satélite que denunciam grilagem e extração ilegal de madeira. Segundo os índios, várias denúncias já foram feitas ao Ministério Público Federal no estado, mas até o momento, nada foi feito. O povo karipuna foi contatado pelos não índios pela primeira vez em 1978. Desde então, experimentou decréscimo na população e quase foi extinto – chegou a somar 5 indivíduos na década de 90. Hoje, são 58. Ocupam uma área de 152 mil hectares no Sul da Amazônia brasileira, nos limites dos municípios de Nova Mamoré, Buritis e União Bandeirante.

Almir Suruí

E por falar em índio, o líder indígena Almir Suruí, deve sair mesmo candidato nestas eleições. Ele que está se preparando para enfrentar as urnas, deve sair a deputado federal ou estadual. A questão indígena é uma de suas principais prioridades.

Por que?

Por que os evangélicos estão apoiando o especialista em matar (ele mesmo é quem se diz) Jair Bolsonaro (PSL-RJ)? Porque todo cristão que se preze, deveria odiar este político que não respeita as mulheres, os negros, os gêneros e, principalmente, a vida humana. Ele prega a matança como forma de coibir a violência no País. Este cara é um monstro. Só tenho uma resposta. Pelo menos estes dois, Malafaia e Magno Malta, são dois falsos evangélicos!

Porto Velho

Há pelo menos cinco anos a capital de Rondônia não consta entre as 50 cidades mais violentas do Mundo. Isso é motivo para se comemorar. O governador do Maranhão Flávio Dino (PCdoB) comemorou o fato de São Luís ter deixado a famigerada lista este ano.

Brizon

Na próxima sexta, 16,completa dois meses o assassinato do jornalista Ueliton Brizon, de Cacoal (RO). Até agora a Polícia não disse nada. Organismos nacionais e internacionais cobram a solução do caso. Saiba tudo sobre o caso aqui.

Facebook Comments

– Por Roberto Kuppê (*)

    Imprimir       Email
  • Publicado: 3 meses atrás, em 12/03/2018
  • De:
  • Última modificação: março 12, 2018 @ 10:24 am
  • Arquivado em: Coluna do Dia, Colunas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *