Carregando...
Você está aqui:  Home  >  Geral  >  artigo atual

Governo quer doações do setor privado para segurança pública

De   /  13/03/2018  /  Sem comentários

    Imprimir       Email

Ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, planeja criar fundo irrigado por empresários para ajudar no combate ao crime organizado

O ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann (PPS-PE), planeja convencer o setor privado a doar verba para a segurança pública para ajudar a conter o avanço do crime organizado no país.

Segundo o ministro, as doações seriam feitas através de um fundo a ser criado especialmente para a iniciativa. “A ideia é propor uma ação empresarial pela segurança. Temos várias coisas em estudo: primeiro, a proposta de criação de um fundo para receber doações dos empresários. Esse fundo vai ter um conselho gestor, com representação expressiva, até majoritária do setor privado, para controlar a efetiva aplicação dos recursos”, disse o ministro, em entrevista ao jornal Globo.

Segundo o ministro, há outras duas iniciativas em estudo. Uma seria criar uma espécie de cardápio de ações, onde empresários poderão escolher as atividades que planejam financiar e fazer as doações diretamente, sem que passem pelo setor público. A outra seria criar uma agenda de segurança pública apoiada pelo setor privado.

O ministro pretende apresentar as propostas dentro de alguns dias, em uma reunião com o presidente Michel Temer, no Palácio do Planalto, que contará com a presença de empresários, governadores e prefeitos.

Jungmann afirma que há interesse do setor privado na iniciativa. “Vamos criar uma espécie de conselho empresarial ligado ao ministério para monitorar e acompanhar esses e outros programas na área de segurança. Tenho conversado com empresários a este respeito e surpreendem a disposição e a boa vontade deles”, disse o ministro.

– Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

    Imprimir       Email
  • Publicado: 2 meses atrás, em 13/03/2018
  • De:
  • Última modificação: Março 13, 2018 @ 11:00 am
  • Arquivado em: Geral

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *