Carregando...
Você está aqui:  Home  >  Cultura  >  artigo atual

Campus Party vai reunir mais de 50 mil pessoas em Porto Velho

De   /  02/07/2018  /  Sem comentários

    Imprimir       Email

Com a previsão de reunir mais de 50 mil pessoas nos cinco dias de realização da Campus Party em Porto Velho – de 1º a 5 de agosto – o Governo de Rondônia vai se tornar o centro de disseminação de tecnologia do mundo, abrindo oportunidade para estudantes e a população geral de todo País e de outros países, subsidiando a participação de 90%, cerca de 45 mil pessoas, a custo zero.

De acordo com Thalis Antunes de Souza, gerente de Conteúdos e Comunidades da Campus Party no Brasil, que participou de reunião de trabalho na manhã desta terça-feira (29) com Ricardo Fávaro Andrade, superintendente do Estado para Resultados (EpR) e coordenador da feira, este é o maior evento de tecnologia do mundo, e que tem influência em todas as áreas do conhecimento e desenvolvimento humano, marcando Rondônia na ponta deste processo em toda a Amazônia.

Segundo ele, a Campus Party funciona como mola propulsora do desenvolvimento, capaz de estimular a criação e o desenvolvimento de ideias com soluções para os problemas das cidades, do meio ambiente e de outras áreas do conhecimento humano, incluindo a medicina, produzindo instrumentos – aplicativos, programas e outros – como ferramenta essencial para modernizar e facilitar, procedimentos, obras e projetos.

Para Fávaro, este é um momento ímpar para a gestão governamental de Rondônia que, com visão apurada do futuro, e em que pese o cenário de crise vivido pelo País, continua investindo com a certeza de que “quem desenvolve é quem tem tecnologia”. A visão dos coordenadores é de quem realiza e quem participa deste evento não vê crise, mas sim oportunidades para desenvolver e crescer.

Para o superintendente da EpR Rondônia, todo investimento se justifica pelos resultados que serão apurados a médio e longo prazos, mas também imediatamente, com o aquecimento do mercado local, com a movimentação do setor hoteleiro, restaurantes e comércio em geral, para atender a esse contingente populacional de mais de 50 mil pessoas, de Rondônia, de vários estados que já confirmaram presença e de alguns países como Alemanha, Estados Unidos, Bolívia e Inglaterra, que também já demonstraram interesse em participar.

Não é demais lembrar que a Campus Party é o festival mais importante do mundo nas áreas de inovação e tecnologia. O evento foi criado na Espanha em 1997 e já foi realizado em sete países, desde a Europa a América Latina, incluindo o Brasil, reunindo milhares de pessoas que têm objetivos comuns quanto ao conhecimento e domínio da tecnologia. Neste evento em Porto Velho serão realizados debates, palestras, competições e oficinas que darão conhecimento das tendências e de tudo mais do mundo da tecnologia.

A realização da Campus Party em Rondônia, que terá sede na estrutura do Sesi, Rio de Janeiro, em Porto Velho, é resultado da parceria entre o Governo de Rondônia e Instituto Campus Party, por seu presidente, Francesco Farruggia, com o compromisso de colocar Rondônia ao vivo e permanentemente visível aos olhos do mundo, produzindo tecnologia e gerando negócios.

– Fonte-Texto: Cleuber Rodrigues Pereira – Foto: Jeferson Mota/Secom – Governo de Rondônia

    Imprimir       Email
  • Publicado: 2 semanas atrás, em 02/07/2018
  • De:
  • Última modificação: julho 2, 2018 @ 7:54 am
  • Arquivado em: Cultura

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *