Carregando...
Você está aqui:  Home  >  Cotidiano  >  artigo atual

Arcade XP é modelo inovador de franquia para quem gosta de games

De   /  10/07/2018  /  Sem comentários

    Imprimir       Email

Empresa de Rondônia quer abrir unidades em todo o país

Os games movimentaram US$ 1,6 bilhão (R$ 4,9 bilhões) em 2016 no Brasil, e é o vice-líder do mercado na América Latina, atrás apenas do México. Com crescimento anual de 10%, o segmento de games fatura mais do que cinema e música juntos. Segundo dados da consultoria PWC, no mercado de entretenimento e mídia, o de game é o segundo que mais cresce, atrás apenas da publicidade na internet. É neste cenário positivo que surge a Arcade XP, um quiosque de entretenimento para jogadores de todas as idades, que buscam boas opções a qualquer hora do dia.

Mesmo com o entretenimento de jogos tão presente na casa dos brasileiros, manter-se atualizado com as últimas tendências do mercado pode sair caro, por esta razão, a Arcade XP tornou-se uma excelente opção de negócio. “Atualmente temos uma enorme quantidade de jogos sendo lançados todo mês, e é impossível acompanhar este ritmo. Muitos títulos são comparados a grandes produções de Hollywood, tanto pela complexidade envolvida, quanto pelo investimento necessário. É um mercado extremamente aquecido, principalmente agora com a nova sensação dos jogos de realidade virtual” conta Paulo Vicente Carvalho Jr., sócio fundador da Arcade XP.

Apaixonado pelo universo dos games, o executivo trouxe para a Arcade XP uma tecnologia que vem ganhando cada vez mais espaço no Brasil e no mundo – a realidade virtual, conhecida simplesmente por VR. “Quando conheci a tecnologia, decidi pesquisar como poderia transformar minha paixão por games em um negócio diferente do que havia no mercado e junto com a Carolina Azevedo, minha esposa e sócia na empresa, estudamos em detalhes quais públicos, formas de atuação, tecnologias e tudo o que fosse relevante para criar uma experiência inédita em jogos e assim criamos a empresa em meados do ano passado”, conta Carvalho.

A realidade virtual eleva a experiência de imersão a níveis jamais imaginados, porém o alto custo para aquisição dos equipamentos de VR torna o acesso ainda restrito para grande parte dos brasileiros, por outro lado gera inúmeras possibilidades de negócios que permitem os jogadores experimentarem a tecnologia a um baixo custo.

Em formato de quiosque e inúmeras opções de consoles, como Playstation 4, PlayStation VR – específico para realidade virtual, Xbox One, Nintendo Switch e Arcade, a ARCADE XP se tornou ponto de encontro de pessoas de todas as idades, em busca dos lançamentos mais aguardados ou até mesmo reviver emoções da infância jogando os grandes clássicos.

Com seu espaço de apenas 12 m², instalado no Porto Velho Shopping, na capital de Rondônia, a empresa almeja atrair empreendedores que gostem de games para levar a marca para todos os estados do Brasil. “Temos capacidade para receber até 16 pessoas jogando simultaneamente aqui em nosso quiosque e rapidamente conseguimos reaver nosso investimento. A experiência com a Arcade XP, além de prazerosa, é rentável, e temos convicção que muitos empresários virão nos procurar para replicar nosso modelo de negócio país afora”, revela Carvalho

RAIO X:

Ramo de atuação: Games, entretenimento

Data de fundação: 2017

Início da franquia: 2018

Modelo de negócio: Games, entretenimento

Investimento inicial: A partir de R$ 99,5 mil

Taxa de royalties: 4 a 8%

Taxa de publicidade: 1,5%

Faturamento médio mensal: R$ 20 a 40mil

Capital de giro: 4%

Área mínima: A partir de 12 m2

Prazo de retorno: De 18 a 24 meses

– Arcade XP

    Imprimir       Email
  • Publicado: 1 semana atrás, em 10/07/2018
  • De:
  • Última modificação: julho 10, 2018 @ 5:38 pm
  • Arquivado em: Cotidiano

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *