EUA elevam previsão para safras e esperam recorde para soja

A safra de milho dos Estados Unidos 2018/19 foi estimada nesta quarta-feira (12/09) em 14,827 bilhões de bushels (376,62 milhões de toneladas), ante 14,586 bilhões de bushels na previsão anterior, informou o Departamento de Agricultura norte-americano

.Expectativa de mercado

- A projeção ficou acima da expectativa do mercado, de 14,529 bilhões de bushels, o que resultou em uma queda acentuada nas cotações na bolsa de Chicago.

Recordes - O USDA estimou produtividades recordes para o milho em importantes áreas produtoras, como Illinois, Iowa, Nebraska e Indiana. O rendimento médio foi estimado em 181,3 bushels por acre.

Soja

- O órgão do governo também elevou a safra de soja dos EUA 2018/19 para um recorde de 4,693 bilhões de bushels (ou 127,73 milhões de toneladas), ante 4,586 bilhões na previsão anterior, enquanto o mercado esperava 4,649 bilhões de bushels – a produtividade média da oleaginosa foi vista em recorde de 52,8 bushels por acre.

Brasil

- O USDA ainda manteve as estimativas de safras de soja e milho do Brasil em 2018/19 em 120,50 milhões de toneladas e 94,50 milhões de toneladas, respectivamente.

Contratos futuros

- Os contratos futuros do milho negociados em Chicago caíram 3,2%, para seu menor valor em quase dois meses, após o relatório do USDA, enquanto os preços da soja passaram a subir.

Colheita

- Os EUA, maiores produtores globais de soja e milho, colhem a safra 18/19 neste ano, enquanto o Brasil (maior exportador de soja) vai começar a plantar os grãos desta temporada em setembro.

(Reuters/Globo Rural)


Imprimir   Email

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar