Alunos da rede pública visitam oficinas da escola Senai

Este evento promove o interesse pela educação profissional, realizando a aproximação deste jovem com as práticas inovadores do mercado de trabalho.

Nesta quinta e sexta-feira, alunos do ensino fundamental e médio da rede pública de ensino participaram de uma visitação técnicas às oficinas da escola Sesi-Senai do bairro lagoa, à rua Matrinchã, como parte das atividades programadas do Mundo Senai edição 2018. O evento acontece simultaneamente em todas as escolas Sesi-Senai-IEL, na capital Porto Velho e também em Cacoal, Ji-Paraná, Ariquemes E Vilhena, onde cada escola conta com sua programação que inclui palestras, minicursos e oficinas de robótica, drones, eletricidade, Indústria 4.0, dentre outras atividades.

O Mundo Senai já é realizado há cinco anos com o objetivo de despertar o interesse do aluno pelas mais diversas profissões industrias e promover o encontro deste público com o universo do mercado de trabalho. Este evento promove o interesse pela educação profissional, realizando a aproximação deste jovem com as práticas inovadores do mercado de trabalho.

Joice Silveira, aluna do colégio Orlando Freire, uma das estudantes a visitar a escola Senai na tarde de quinta-feira, falou que esta é a segunda vez que participa do Mundo Senai. “É importante para nós conhecermos o que o Senai oferta de cursos e também a infraestrutura das escolas”, disse. A estudante Ana Flávia, também do Orlando Freire, falou da oportunidade de visitar o Senai e ter contato com os profissionais e alunos. “Eles têm muito conhecimento e compartilham conosco. Foi excelente a iniciativa da nossa escola nos trazer para conhecer o Mundo Senai”, comentou.

O superintendente do Sesi e IEL e diretor regional do Senai-RO, Alex Santiago juntamente com gerentes de escolas Sesi-Senai, diretores e conselheiros da Fiero, visitou salas de aulas, oficinas e laboratórios da escola Sesi-Senai-RO. O presidente do Sindipan-RO e vice-presidente de Assuntos Sociais da Fiero, José Balbino Nascimento e o gerente de Educação Sesi-Senai-RO, Jair Coelho também participaram da visitação.

De acordo com o diretor Alex Santiago, o Mundo Senai é mesmo uma vitrine onde a comunidade pode conhecer os cursos disponíveis, os projetos, a metodologia de ensino, a infraestrutura, as oficinas e laboratórios. Eles interagiram com os participantes do Mundo Senai, com o objetivo de despertar nos estudantes curiosidade sobre as profissões industriais, inovações tecnológicas e tudo mais que o Sesi, quanto ao ensino regular, e o Senai, quanto a qualificação profissional, utiliza na preparação dos jovens, educação de qualidade, para os desafios do mercado de trabalho cada vez mais globalizado e exigente.

O professor de gestão da Escola Senai do Distrito Industrial, Giosseppe Garibaldi, ministrou palestra sobre a internet das coisas. “Vivemos um momento mundial em que a tecnologia é necessária para o desenvolvendo das nossas atividades com mais capacidade assertiva, produção e velocidade que propiciem relevância no cotidiano profissional. Temos a oportunidade de disponibilizar aos estudantes e comunidade os laboratórios de robótica, o acesso à informação da tecnologia da energia solar fotovoltaica, aos projetos desenvolvidos pelas turmas de eletroeletrônica voltados a indústria”, conta. Garibaldi também destaca outros trabalhos pedagógicos desenvolvidos pelos alunos do Senai, dentre eles, irrigação por sensores; automatização no campo e manta térmica.

Entre os palestrantes do Mundo Senai, vale citar Jossineide Oliveira e Silva, destacada pelas Organizações das Nações Unidas (ONU) como uma das poucas mulheres que há 25 anos atua na refrigeração e construiu uma carreira de sucesso como instrutora no Senai-RO. Além de atuar como consultora e empresária, neste ano, Jossineide tornou-se também a primeira instrutora mulher a ministrar os cursos Boas Práticas em Sistemas de Refrigeração Comercial e Ar Condicionado do Tipo Janela e Mini-Split no Brasil, tema da palestra que ministrou no evento.

Jossineide Oliveira é tema de um documentário da Deutsche Gesellschaft für internationale Zusammenarbeit (Giz) GMbH, uma consultoria alemã ligada a ONU e que mantém parceria com o Senai Rondônia (confira o vídeo no link abaixo)

Jossineide explica que no setor alimentício, os sistemas de refrigeração cumprem papel-chave, sendo responsáveis diretos pela conservação dos produtos, além de representar relevante percentual dos custos de produção e exigir cuidados no uso e manuseio. “Através das boas práticas, é possível obter o melhor desempenho dos sistemas e aumentar a vida útil dos equipamentos e componentes”, garante.

A programação que tem continuidade nesta sexta-feira, 9, conta com temas como Indústria 4.0: Plataforma Mundo Senai - Cursos Técnicos, Guia de Profissões e Orientação Profissional; oficina sobre pães funcionais; Educação à Distância: Demonstração de cursos do Senai na modalidade 100% EAD (Competências Transversais e Desvendar 4.0) e semipresencial (Cursos de Qualificação profissional e Cursos Técnicos); Aplicabilidade das Tecnologias mais usuais de drones e equipamentos semelhantes; Instalações Elétricas Seguras: Conceitos e benefícios existentes quando é realizada em conformidade com as normas técnicas; Energia Solar: Conceitos, Aplicações e Tendências do uso das tecnologias fotovoltaicas, dentre outros.

- Fonte: Assessoria de Comunicação social do Sistema Fiero


Imprimir   Email

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar