Estudos da Embrapa permitem produção de Carne Baixo Carbono

Na última semana foi assinado, em São Paulo, SP, contrato entre a Embrapa e o Grupo Roncador, que prevê verificar até 2020 a viabilidade técnica de se considerar os sistemas de pastagens intensificadas e de integração lavoura-pecuária (ILP), adotados nas propriedades rurais Roncador e Água Viva do Grupo Roncador, em Mato Grosso, como sistemas pecuários aptos a mitigar as emissões de gases de efeito estufa (GEE) e passíveis de enquadrar-se nas diretrizes do protocolo Carne Baixo Carbono (CBC), em fase de finalização pela Embrapa.

TRT-RO/AC elege os novos dirigentes para o biênio 2019-2020

Os novos dirigentes da Justiça do Trabalho nos estados de Rondônia e Acre para o Biênio 2019-2020 foram eleitos na quarta-feira (30) durante a sessão administrativa do Tribunal Pleno do Tribunal Regional do Trabalho da 14ª Região.

Bolsonaro não definiu se unirá Agricultura e Ambiente, diz ruralista

Presidente da União Democrática Ruralista visitou presidente eleito

Conama aprova resoluções para aumentar controle gases poluentes

O Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama) aprovou resoluções que pretendem aumentar o controle de emissões de gases poluentes por veículos automotores e melhorar os padrões de qualidade do ar. A decisão foi tomada durante reunião do colegiado realizada ontem (30).

Cármen Lúcia vota pela suspensão de ações policiais nas universidades

Supremo vota esta tarde se mantém liminar da ministra que impede ações

Incerteza sobre aprovação da Previdência pelo Congresso leva Bolsonaro a cogitar duas reformas

BRASÍLIA - A viabilidade política para tentar a aprovação da reforma da Previdência até agora ainda é uma incógnita para a equipe econômica do presidente Jair Bolsonaro (PSL). Diante do quadro, segundo apurou o Estadão/Broadcast, o grupo já sabe o que quer fazer: duas reformas.

Negociações na área militar com EUA são saudáveis, diz general Heleno

O futuro ministro da Defesa, general Augusto Heleno - Arquivo Agência Brasil

O general da reserva Augusto Heleno, futuro ministro de Defesa no governo de Jair Bolsonaro (PSL), disse hoje (31) que as negociações na área militar com o governo do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, são saudáveis e respeitam a soberania nacional.

EstabelecIdas regras para recesso de final de ano para os federais

Medida vale para os mais de 633 mil Servidores Públicos Federais.

As regras para o recesso de comemoração das festas de final de ano foram estabelecidas pelo Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (MP).  A medida vale para os mais de 633 mil servidores públicos federais do Poder Executivo, que terão até o dia 30 de abril de 2019 para compensar as horas não trabalhadas. De acordo com a Portaria 10.960  publicada no Diário Oficial da União (DOU) de segunda-feira (29).

Segundo a portaria, o recesso para comemoração do Natal e Ano Novo compreenderá, respectivamente, os períodos de 24 a 28 de dezembro de 2018 e de 31 de dezembro a 4 de janeiro de 2019. Nesses períodos, os servidores públicos poderão estabelecer um revezamento, preservando serviços essenciais e que envolvam o atendimento aos cidadãos brasileiros.

Caso o servidor não compense as horas não trabalhadas por causa do recesso, haverá desconto em sua remuneração. Essa dedução será proporcional às horas não compensadas. As orientações da portaria devem ser seguidas pelos mais de 200 órgãos integrantes do Sistema de Pessoal Civil da Administração Federal (Sipec).

(Fonte: Ministério do Planejamento)

Petrobras reduz em 6,2% preço médio da gasolina nas refinarias nesta quarta-feira

A Petrobras anunciou corte de 6,2% no preço médio do litro da gasolina A sem tributo nas refinarias, válido para esta quarta-feira, dia 31 de outubro, para R$ 1,8623.