Delegacia da mulher cumpre mandado de prisão por descumprimento de medida protetiva

Agentes da delegacia especializada no atendimento à mulher de Vilhena prenderam na manhã desta quarta-feira, 09, o auxiliar de mecânico C.M.L., 32, por ter descumprido a decisão judicial que determinava a medida protetiva, e porque ele continuou ameaçando matar a ex-companheira, que tem o nome preservado em razão o sigilo do caso.

 Segundo a assessoria de comunicação da DEAM, a prisão tem caráter preventivo, e se deu para garantir a aplicação da Lei Maria da Penha, já que C.M.L. continuou as ameaças de morte contra a ex-companheira mesmo após ter sido informado das medidas protetivas expedidas em seu desfavor.

Ainda de acordo com a assessoria, desde que o artigo 24-a da lei 11340/2006, conhecida como Lei Maria da Penha entrou em vigor, inúmeros mandados de prisão por esse crime já foram expedidos e cumpridos.

(Fonte: Assessoria DEAM)


Imprimir   Email

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar