Datafolha: com 58% dos votos válidos, Bolsonaro venceria Haddad

Na primeira pesquisa do Datafolha sobre o segundo turno das eleições presidenciais, Jair Bolsonaro (PSL) tem ampla vantagem sobre Fernando Haddad (PT). O deputado tem 58% dos votos válidos, enquanto o ex-prefeito paulistano conta com o apoio de 42% dos ouvidos.

Recado das urnas foi claro em Rondônia: Garçon e casal Raupp dão adeus à vida pública

Valdir e Marinha Raupp, senador e deputada federal por Rondônia, respectivamente, foram depostos pelo voto no último domingo, dia 07. Nem o novo campeão de votos Leo Moraes, eleito com quase 70 mil ‘Confirma’, foi capaz de puxar Marinha com a força da coligação, que ainda reelegeu Lúcio Mosquini (MDB).

Eleita deputada federal, vereadora de Ji-Paraná vai dizer ao PDT que apóia Bolsonaro

Eleita deputada federal, a vereadora Sílvia Cistina, do PDT na Câmara jiparanaense, vai dizer à cúpula do seu partido, em reunião que deve acontecer em Brasília, que está apoiando a candidatura do presidenciável Jair Bolsonaro.

Derrotados nas urnas, 25 parlamentares envolvidos na Lava Jato perderão foro privilegiado

Caciques políticos e líderes partidários como o presidente do Senado, Eunício Oliveira (MDB-CE), os senadores Edison Lobão (MDB-MA), Garibaldi Alves Filho (MDB-RN) e Romero Jucá (MDB-RR), integram uma lista de 25 nomes (14 deputados federais e 11 senadores) que são investigados na Operação Lava Jato, concorriam a algum mandato, mas foram derrotados nas urnas no último domingo.

MPF denuncia ex-prefeito, secretários e engenheiro de Alto Paraíso, por desvio de verbas

Segundo o MPF, os envolvidos desviaram verbas públicas para poderem se beneficiar

Representatividade de mulheres na política brasileira continua baixa

No Senado, o número de mulheres eleitas continua o mesmo: sete. Na Câmara, apenas 77 das 513 vagas foram preenchidas por mulheres - As vagas preenchidas por mulheres na Câmara correspondem a apenas 15% do total de deputados federais.

Fragmentação do Congresso desafia sustentação do futuro governo

Cientistas sociais destacam derrota de políticos tradicionais

Pastor “ex-gay”, herdeiros políticos e bolsonaristas encabeçam lista de campeões de votos na Câmara

Ao se reeleger com 1.843.735 votos, Eduardo Bolsonaro (PSL) entrou para a história da Câmara. Foi a maior votação já obtida por um deputado, superando o recorde alcançado em 2014 por Celso Russomanno (PRB-SP).

Expedito apoiará Bolsonaro e não fará alianças com ex-candidatos

Candidato apoiou Alckmin, do seu partido, no primeiro turno, mas agora pedirá votos para Jair Bolsonaro