Sejus oferece aos servidores prisionais cuidados à saúde durante pandemia em RO

Sejus oferece aos servidores prisionais cuidados à saúde durante pandemia em RO

A secretaria de justiça orienta aos servidores que ao sentirem os sintomas da Covid-19, não compareçam na unidade prisional.

Sistema Prisional do Estado

A secretaria estadual de justiça (Sejus), e o governo do estado, oferecem aos seus servidores uma série de serviços de saúde na Policlínica Oswaldo Cruz (POC), com parceria que vão de consultas médicas a testes rápidos pelo novo coronavírus (Covid-19). Os cuidados com os servidores estão sendo redobrados durante o período de pandemia e a Sejus pede apoio aos servidores nesse momento tão delicado para ficarem atentos aos sintomas da doença.

A Sejus orienta aos servidores que ao sentirem os sintomas da Covid-19, não compareçam na unidade prisional, caso estejam de plantão, e informem o chefe imediato por telefone. A direção da Unidade encaminhará os dados dos servidores à Gerência de Saúde (Gesau) para agendamento de consultas através do e-mail: saudeservidorsejus@gmail.com. O servidor deve ficar em casa, em quarentena, com máscara (caso more com mais pessoas), não podendo receber visitas, enquanto aguarda o contato da equipe de saúde. Caso o servidor da Sejus esteja com dúvidas pode entrar em contato pelos telefones 69 99231-7106 / 9 9291-8591.

Conforme Boletim Oficial, sobre os casos de Covid-19 no Sistema Penitenciário de Rondônia, da última sexta-feira (12), foram consolidados os seguintes resultados de casos positivos em servidores: 89 em Porto Velho, dois em Ji-Paraná, dois em Guajará-Mirim, dois em Colorado D’Oeste, dois em Ariquemes, dois em Vilhena, quatro em Nova Mamoré, 10 em Ouro Preto D’ Oeste. Confirmando 113 casos, 74 casos curados e um óbito. O Boletim Oficial é divulgado três vezes na semana nas redes sociais da Sejus.

Lembrando que a Secretaria de Justiça disponibilizou às Unidades Prisionais materiais de insumo, como máscaras descartáveis, máscaras de pano, álcool 70%, kits higiênicos, sabão e equipamento de proteção individual.

O atendimento na Policlínica Oswaldo Cruz (POC), é destinado ao cuidado da saúde dos servidores públicos estaduais. O laboratório foi montado para atender, por dia, 80 servidores públicos. Destas vagas, 30 são destinadas para a segurança pública da capital, Porto Velho.

A gerente de saúde da Sejus, Míriam Muniz, explica que, semanalmente, são atendidos em média: 90 servidores da Polícia Militar (PM), 48 da Polícia Civil (PC), 21 do Corpo de Bombeiros Militar (CBM), nove da Polícia  Rodoviária Federal (PRF) e 60 servidores da Sejus.

O laboratório é uma ação conjunta de esforços, onde a PRF disponibilizou uma servidora da administração, a PM ofereceu médicos e profissionais de saúde para coleta de testes rápidos, e a Sejus está contribuindo com profissionais de enfermagem para coleta de exames da Covid-19, contando também com o apoio da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau).

Fonte: Sejus

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Faça seu Comentário

%d blogueiros gostam disto: