Corpo de Bombeiros segue com treinamento de resgate aéreo em RO

Treinamento faz parte para Pilotos, Operadores Táticos, Aéreos e de Saúde.

O Corpo de Bombeiros Militares de Rondônia recebeu na tarde de ontem, quinta-feira (2), simulação de resgate aeromédico demonstrando o aprimoramento e técnicas que serão utilizados em situações reais em caso graves, como acidentes de trânsito em rodovias,  buscas por desaparecidos, além de fazer o transporte de pacientes em estado crítico de uma unidade de saúde para outra.

As atividades fazem parte do Treinamento para Pilotos, Operadores Táticos, Aéreos e de Saúde que está sendo realizado pela Corporação e também serviu para lembrar a data em homenagem aos heróis brasileiros que arriscam as suas vidas para proteger no cumprimento do lema “Vidas alheia, riquezas salvar”. Toda as simulações foram realizadas no hangar do Grupamento de Operações Aéreas do Corpo de Bombeiros (localizado zona rural de Porto Velho).

O Treinamento que está sendo desenvolvido pela Corporação conta com a participação de equipes do Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF) visando possibilitar a formação de comandantes de aeronave helicóptero (modelo AS50 B, Esquilo),  treinamento para pilotos, operadores táticos aéreos e de saúde que farão parte da tripulação da aeronave. Os integrantes do treinamento também participarão de apoio a missões operacionais de combate a incêndios florestais e urbanas, transporte de tropa e materiais, defesa civil e socorrimento público, entre outras missões inerentes ao Corpo de Bombeiros Militar.

Treinamento de transporte de vítima de Covid-19

Durante a situação simulada foram utilizadas as aeronaves avião modelo Cessna 208 “Grand Caravan EX” e o helicóptero (modelo AS50 B, Esquilo) e testou o poder de resposta da equipe de salvamento envolvida em sua atuação diante de situações adversas, colocando à prova a superação, recuperação, resistência e força.

O cenário montado para a realização do simulado trouxe em primeira prova o resgate de uma vítima de acidente de trânsito que estava presa às ferragens, quando foi utilizado o helicóptero Esquilo e exigiu dos participantes colocar em prática todos os conhecimentos teóricos. Para resgatar a vítima foi preciso a utilização da ferramenta de desencarceramento.

Um fato curioso foi que momentos antes da realização da simulação, a equipe foi acionada para atendimento a uma vítima de acidente ocorrido na Rua da Beira, em Porto Velho. As vítimas receberam os primeiros atendimentos médicos de uma equipe de militares do Corpo de Bombeiros que passava pela região em um helicóptero do Grupamento de Operações Aéreas (GOA) e pousou na via para prestar imediato socorro.

Técnicas de salvamento com uso de helicóptero

As atividades foram acompanhadas de perto pelo secretário de Segurança, Defesa e Cidadania, coronel PM José Helio Cysneitos Pachá, que não poupou elogios às técnicas e aprendizados apresentados e ressaltou o comprometimento do governador de Rondônia, coronel Marcos Rocha, para garantir melhor estrutura para o setor de segurança pública do Estado. Para o secretário, todo o cenário trouxe situações que fazem parte do dia a dia do Corpo de Bombeiros Militar no que se refere ao grande conhecimento de procedimentos desenvolvidos pela equipe em caso de resgate real.

Fonte: Secom-RO

Faça seu Comentário