Quase 2 milhões aguardam análise para receber auxílio, e caixa normaliza acesso ao ‘Caixa Tem’

O banco estatal garante que todos beneficiários aprovados estarão aptos a receber as cinco parcelas do auxílio emergencial .

A Caixa Econômica Federal disse na quinta-feira de ontem (2), último dia para pedir o auxílio emergencial de R$ 600 ou uma nova análise do cadastro, que há ainda 1,9 milhão de solicitações em processo de verificação.

O vice-presidente de varejo da Caixa, Paulo Henrique Ângelo, afirma que todos os aprovados estarão aptos a receber as cinco parcelas do benefício.

“Todas as pessoas que se cadastrarem até ontem, do dia 2 de julho, terão seus cadastros analisados pela Dataprev. Sendo considerados aptos a receber o benefício, terão direito às cinco parcelas”, garantiu Ângelo.

Do total de pedidos, 107,7 milhões de pedidos processados, 65,2 milhões foram considerados elegíveis e 42,5 milhões inelegíveis. Há ainda 1,2 milhão de beneficiários em primeira análise e 700 mil em reanálise.

Para quem ainda está em análise, Ângelo ressaltou que a Caixa é apenas responsável pelo pagamento do benefício e só inicia o procedimento após a validação do Dataprev e do Ministério da Cidadania.

Na quinta-feira de ontem (2), 64,9 milhões de brasileiros receberam R$ 112,5 bilhões em 160,2 milhões de pagamentos feitos pela Caixa. Os valores correspondem aos três lotes iniciais do benefício.

ACESSO AO CAIXA TEM

O vice-presidente de tecnologia e digital da Caixa, Claudio Salituro, também falou sobre os problemas de acesso ao aplicativo Caixa Tem durante está semana desde quarta feira. Ele, no entanto, garantiu que o sistema já está normalizado. “Tenho certeza que agora durante a tarde esse desconforto já apresentou uma melhora substancial”, afirmou.

“Já estávamos estabilizados com filas de um minuto, alguns dias com pouco mais de cinco minutos e chegando até 15 minutos. Hoje, tivemos filas realmente maiores, chegando a até uma hora”, observou.

O Caixa Tem é o aplicativo lançado pelo banco estatal para enviar o crédito do auxílio emergencial de R$ 600 aos beneficiários. Com o dinheiro disponível na conta digital, é possível pagar contas e fazer compras utilizando apenas o código que é gerado na tela do aplicativo.

Caixa Tem apresentou instabilidade nesta quinta-feira
Caixa Tem apresentou instabilidade nesta semana

Salituro explicou que o problema foi originado por um processo de atualização do sistema de dados da Caixa, chamado de “Mensal”. Segundo o vice-presidente, o processo foi “muito grande” ao final do mês passado.

De acordo com Salituro, o sistema já foi normalizado. “Com a saída do ‘Mensal’, a gente começa a colocar todas as réguas de processamento em dia. Isso faz com que a gente consiga entregar dentro dos horários previstos para que o cidadão consiga utilizar com maior tranquilidade o Caixa Tem, o Fundo de Garantia e todos os outros aplicativos do banco”, concluiu.

“Todo esse processamento acabou se estendendo um pouco mais e, por não ter acontecido dentro da janela prevista, trasbordou para o servidor online e gerou uma concorrência muito grande”, relatou Salituro.

Fonte: R7

Faça seu Comentário