Fiscais da Prefeitura interditam comércios por descumprirem medida

Foram lavrados 23 autos e 13 interdições de bares, conveniências e postos de combustíveis que descumpriram as normas sanitárias.7

As fiscalizações acontecem com o apoio da Polícia Militar


A Secretaria Municipal de Serviços Básicos (Semusb), vistoriou 123 estabelecimentos comerciais na última semana, e notificou 38 deles que estavam em desacordo com o decreto estadual 25.049, de 14 de maio de 2020. que novamente reinseriu Porto Velho na fase 1 no combate ao Coronavírus na capital.

O decreto em questão autoriza o exercício de estabelecimentos com serviços considerados essenciais em Porto Velho. As fiscalizações acontecem com o apoio da Polícia Militar (PM) para garantir o cumprimento das medidas restritivas previstas no decreto.

Durante em uma das inspeções noturna, foram lavrados 23 autos e 13 interdições de bares, conveniências e postos de combustíveis que descumpriram as normas sanitárias pelo não uso de máscaras e por causarem aglomerações de pessoas.

Os fiscais e os policiais trabalham para fazer cumprir a portaria nas ações de combate ao novo coronavírus (Covid-19) e as medidas de fiscalização devem ocorrer durante o período de 14 dias, conforme as normas vigentes pelo Estado.

“A FISCALIZAÇÃO VAI CONTINUAR NOS PRÓXIMOS DIAS, INCLUSIVE NOS FINAIS DE SEMANA”, INFORMOU O SUBSECRETÁRIO DA SEMUSB, RAINEY VIANA. SEGUNDO ELE, “A AÇÃO SERVE PARA REFORÇAR O FUNCIONAMENTO DE SERVIÇOS ESSENCIAIS E QUEM DESCUMPRIR PODERÁ SOFRER PUNIÇÕES COMO, POR EXEMPLO, MULTA POR DESOBEDIÊNCIA E ATÉ TER O ESTABELECIMENTO INTERDITADO.

Fonte: Semusb

Spread the love

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *