Senador Marcos Rogério quer saber quem está mentindo: Marcos Rocha ou Fernando Máximo

Parlamentar queria destinar R$ 30 milhões para combate ao coronavírus, mas foi ignorado

Está comprovado que o governador Marcos Rocha (PSL) está muito mal assessorado, tem sérios problemas de memória ou realmente está muito parecido com o ex-presidente Lula: nada sabe, nada viu. Mas para o senador Marcos Rogério (DEM) o problema do governador é outro, porque o chefe do Executivo estaria “entocado”, em quarentena desde que assumiu o cargo.

Marcos Rogério disse inicialmente que foi ignorado pelo governo quando tentou repassar R$ 30 milhões a Rondônia. Marcos Rocha tratou de negar e ainda por cima falou que era politicagem. A resposta do senador deixou o governador em uma situação vexatória, porque comprovou que o governo está completamente perdido.

O senador Marcos Rogério provou que entrou em contato com o secretário de Estado da Saúde, Fernando Máximo, e foi simplesmente ignorado. O secretário não respondeu às mensagens, dando a nítida impressão de que não queria o dinheiro.

Como se fosse pouco, depois disso Fernando Máximo enviou uma mensagem a Marcos Rogério, convidando o senador para uma inauguração e ignorando completamente a proposta de receber os R$ 30 milhões.

“Governador, ou o senhor está mentindo ou sua equipe não serve para estar ao seu lado. Ou o senhor demite o secretário da Saúde e o chefe da Casa Civil, ou todos estão em conluio para mentir ao povo de Rondônia. Os pacientes com covid-19 estão morrendo, governador. Não é hora de fazer politicagem. Não minta ao povo de Rondônia”, disse o senador, Marcos Rogério.

Veja o vídeo:

Redação/CN

Spread the love

0 thoughts on “Senador Marcos Rogério quer saber quem está mentindo: Marcos Rocha ou Fernando Máximo

  • 6 de julho de 2020 em 2:33 pm
    Permalink

    Não acredito nesse senador pois quando alguém quer fazer o bem sem olhar a quem ou sem querer algum mérito na ação é só fazer a demanda, basta apenas fazer a destinação da emenda…

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *