João Durval, o homem que quebrou o Clube Vera Cruz, se lança pré-candidato à prefeitura de Ji-Paraná

Adversários dizem que o médico empresário pretende ter o mesmo carinho com o município

A novidade política em Ji-Paraná é a pré-candidatura a prefeito do médico empresário João Durval. Um conhecido ex-dependente químico se encarregou de atacar os adversários políticos de Durval, gravando áudios agressivos, colocando fogo na disputa antes mesmo de qualquer anúncio de convenção partidária.

João Durval

O cargo mais importante que João Durval já ocupou foi o de presidente do Clube Vera Cruz. Foi nessa época que o clube quebrou. A energia elétrica chegou a ser cotada, por isso parte de sua estrutura teve que ser vendida para pagar essa e mais algumas contas.

Recuperado emocionalmente do desastre como administrador, João Durval está de volta ao cenário político. O grupo que o apoia aposta nos problemas que o prefeito Marcito Pinto teve com a Polícia Federal para que o número de candidatos seja reduzido.

Paralelamente, um ex-dependente químico começou a gravar áudios atacando outros eventuais pré-candidatos à prefeitura de Ji-Paraná. Em uma dessas gravações é possível ouvir a voz de João Durval ao fundo.

Como a política também obedece às leis da física, a ação do ex-dependente químico gerou uma reação. Potenciais adversários de João Durval passaram a dizer que, não contente em ter quebrado o Vera Cruz, o médico empresário agora se prepara para quebrar a prefeitura. Se eleito, dizem, ele dará ao município o mesmo tratamento dado ao clube, Vera Cruz.

da Redação/CN

Faça seu Comentário