Consumidores protestam contra aumento na conta de luz e quedas de energia em RO

Consumidores protestam contra aumento na conta de luz e quedas de energia em RO

Os moradores estão decididos a interpelar a empresa junto à Promotoria de Defesa do Consumidor na tentativa, inclusive, de obterem redução na tarifa

Porto Velho, RO – Moradores de Porto Velho resolveram protestar contra a péssima qualidade do serviço de energia elétrica em Rondônia. A constante queda de energia em vários pontos da cidade obrigaram os consumidores a apelarem ao Ministério Público através da Promotoria de Defesa do Consumidor e órgãos vinculados desta Corte Ministerial.

O objetivo da manifestação é cobrar uma solução para o problema das constantes quedas de energia, que tem causado prejuízos aos moradores com a queima de eletrodomésticos por conta das quedas de energia que acontece em diversos pontos da capital rondoniense, além do aumento na conta de energia elétrica.  

O manifesto dos moradores realizado nesta terça-feira, 7, na Vila Isabel, no bairro São Francisco, Zona Leste da capital foi compartilhada por moradores dos residenciais Crystal da Calama, Cidade de Todos, Porto Madero (Zona Leste), Morar Melhor e Areia Branca, região Sul.

Mas, o grau mais intenso das reclamações contra a queda de energia cuja distribuição é de responsabilidade é do Grupo Energisa, com sede em Minas Gerais, partiu de moradores da antiga Vila Isabel, no Bairro São Francisco e região. Segundo os moradores, a exemplo dos residenciais do Programa Habitação, Minha Casa, Minha Vida, de responsabilidade do Governo Federal, ‘um transformador ainda não substituído pela ENERGISA, é o causador do problema’.

Como forma de obrigar a Energisa resolver o problema da falta de energia, na próxima quinta-feira, 9, os moradores estão decididos a interpelar a empresa junto à Promotoria de Defesa do Consumidor na tentativa, inclusive, de obterem redução nos valores cobrados acima do suposto consumo apontado pelos medidores.

Por Xico Nery

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *