Covid-19: Boletim Rondônia

Conforme os registros, foram 19 óbitos em Rondônia, 10 em Porto Velho, sendo três mulheres e sete homens.

A agência estadual de vigilância em saúde (Agevisa) e a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), divulga os dados referentes ao coronavírus (Covid-19) no Estado.

Nesta segunda-feira (13) foram consolidados os seguintes resultados para Covid-19 em Rondônia:

Casos confirmados – 27.050
Pacientes recuperados – 15.864
Óbitos – 647
Pacientes internados na Rede Estadual de Saúde – 287
Pacientes internados na Rede Privada – 109
Pacientes internados na Rede Municipal de Saúde – 54
Total de pacientes internados – 450
Testes Realizados – 96.835
Aguardando resultados do Lacen – 1.139

No Estado, os números de casos confirmados, recuperados e de óbitos, desde o primeiro registro em 20 de março até hoje (13 de julho), por Covid-19 são:

TOTAL DE CASOS EM RONDÔNIA – 13/07/2020
MUNICÍPIOSCASOS CONFIRMADOSRECUPERADOSÓBITOS
Porto Velho15.8018.071435
Ariquemes1.7311.33229
Guajará-Mirim1.71898959
Jaru89670310
Candeias do Jamari75148513
Vilhena74252610
São Miguel do Guaporé7286979
Ji-Paraná70144912
Rolim de Moura4682526
Nova Mamoré3992135
Cacoal3983265
Ouro Preto do Oeste2651808
Pimenta Bueno2281734
Itapuã do Oeste198941
Buritis1791274
Machadinho D’Oeste1601032
Alta Floresta D’Oeste156981
Cujubim121924
Espigão D’Oeste110843
Alto Paraíso93634
Presidente Médici82323
Monte Negro74571
Pimenteiras do Oeste72471
Campo Novo de Rondônia68473
São Francisco do Guaporé62471
Seringueiras62310
Alto Alegre dos Parecis60371
Mirante da Serra58542
Vale do Anari55400
Colorado do Oeste51340
Nova União50380
Theobroma48340
Governador Jorge Teixeira46400
Nova Brasilândia D’Oeste44230
Rio Crespo44280
Cerejeiras43283
Costa Marques31261
Alvorada D’Oeste29191
Novo Horizonte do Oeste29181
Urupá28260
São Felipe D’Oeste26151
Vale do Paraíso25100
Castanheiras23190
Cabixi2132
Santa Luzia D’Oeste19140
Cacaulândia16150
Chupinguaia1580
Teixeirópolis840
Primavera de Rondônia660
Corumbiara540
Parecis411
Ministro Andreazza321
Rondônia27.05015.864647

ÚLTIMAS 24 HORAS

Em Rondônia, nas últimas 24 horas foram registrados os seguintes resultados para Covid-19:

MUNICÍPIOSCASOS CONFIRMADOSÓBITOS
Porto Velho14510
Ariquemes292
Guajará-Mirim-20
Jaru190
Candeias do Jamari90
Vilhena432
São Miguel do Guaporé00
Ji-Paraná00
Rolim de Moura01
Nova Mamoré00
Cacoal00
Ouro Preto do Oeste50
Pimenta Bueno00
Itapuã do Oeste140
Buritis01
Machadinho D’Oeste50
Alta Floresta D’Oeste11
Cujubim40
Espigão D’Oeste31
Alto Paraíso00
Presidente Médici10
Monte Negro10
Pimenteiras do Oeste30
Campo Novo de Rondônia20
São Francisco do Guaporé50
Seringueiras20
Alto Alegre dos Parecis00
Mirante da Serra00
Vale do Anari30
Colorado do Oeste00
Nova União00
Theobroma50
Governador Jorge Teixeira00
Nova Brasilândia D’Oeste20
Rio Crespo60
Cerejeiras00
Costa Marques00
Alvorada D’Oeste00
Novo Horizonte do Oeste60
Urupá10
São Felipe D’Oeste51
Vale do Paraíso10
Castanheiras00
Cabixi10
Santa Luzia D’Oeste00
Cacaulândia10
Chupinguaia00
Teixeirópolis00
Primavera de Rondônia10
Corumbiara00
Parecis10
Ministro Andreazza00
Rondônia32219

Hoje (13) foram registrados 19 óbitos por Covid-19 em Rondônia, 10 em Porto Velho, sendo três mulheres (57, 68 e 72 anos), sete homens (67, 70, 71, 72, dois de 78 e um de 83 anos); duas mulheres em Ariquemes (42 e 67 anos); dois em Vilhena, sendo um homem de 84 anos e uma mulher de 77 anos de idade; um homem de 62 anos de Rolim de Moura; um homem de 50 anos de Espigão do Oeste; um homem de 80 anos de Alta Floresta D’Oeste; uma mulher de 89 anos de São Felipe do Oeste e um homem de 83 anos do município de Buritis.

Após investigação epidemiológica, foram constatados registros a mais no município de Guajará-Mirim, em decorrência de duplicidade de registro de casos. Essas alterações de números de casos acontecem porque o mesmo paciente pode procurar dois pontos de atendimento e ter sua notificação duplicada. Os dados já foram ajustados no sistema e estatisticamente deve-se considerar que há registros a mais na edição anterior referentes a este município.

OBSERVAÇÕES

  1. Os dados diários podem sofrer alterações;
  2. Os casos e óbitos notificados/ocorridos após meio dia serão divulgados no boletim do dia seguinte.
  3. Os óbitos precisam ser investigados, ficando portanto, as informações, passíveis de alteração para mais ou para menos, bem como o provável local de infecção.

A Agevisa ressalta que os dados não são lidos e atualizados imediatamente pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (Cievs), por isso há atraso (delay) no registro de casos que estão sendo acompanhados diariamente por equipes de saúde nos municípios.

Para informações sobre internados por unidades de saúde e municípios, assim como os demais detalhes, acesse o Painel Interativo da Covid-19 em Rondônia, através do endereço: covid19.sesau.ro.gov.br.

Fonte: Agevisa

CN

Dólar sobe para R$ 5,388 e fecha no maior nível em duas semanas

Bolsa caiu 1,33% e voltou a ficar abaixo dos 100 mil pontos

Num dia de volatilidade no mercado financeiro, o dólar aproximou-se de R$ 5,40 e fechou no maior valor em duas semanas. A bolsa de valores, que tinha encerrado a semana passada no maior nível em quatro meses, reverteu a alta dos últimos dias e voltou a fechar abaixo dos 100 mil pontos.

O dólar comercial encerrou esta segunda-feira (13) vendido a R$ 5,388, com alta de R$ 0,064 (+1,21%). A moeda operou em alta durante toda a sessão, mas acelerou nos minutos finais de negociação até fechar na máxima do dia. A divisa acumula alta de 34,27% em 2020.

No mercado de ações, o dia também foi marcado pelas oscilações. O índice Ibovespa, da B3 (a bolsa de valores brasileira), subiu durante quase todo o dia, mas reverteu o movimento e passou a cair na hora final de negociação, fechando a segunda aos 98.697 pontos, recuo de 1,33%.

O dólar e o câmbio passaram a registrar volatilidade após o governo da Califórnia anunciar o fechamento de diversos setores da economia decorrente da subida de casos de covid-19 no estado norte-americano. No início do dia, as bolsas na maior parte do planeta subiam refletindo a liberação de testes de duas vacinas pela agência reguladora de saúde nos Estados Unidos e um possível anúncio de nova rodada de estímulos pelo Banco Central Europeu.

Há várias semanas, mercados financeiros em todo o planeta atravessam um período de nervosismo por causa da recessão global provocada pelo agravamento da pandemia do novo coronavírus. Nos últimos dias, os investimentos têm oscilado entre possíveis ganhos com o relaxamento de restrições em vários países da Europa e em regiões dos Estados Unidos e contratempos no combate à doença.

Fonte: A/B Liliane Farias

CN

PGR pede ao STJ a soltura de Edmar Santos, ex-secretário de Saúde do RJ

Foram bloqueados R$ 617 mil nas contas do ex-secretário estadual de Saúde até o momento. R$ 8,5 milhões foram encontrados durante operação que resultou na prisão.

A Procuradoria Geral da República (PGR) pediu ao presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro João Otávio de Noronha, a soltura do ex-secretário estadual de Saúde Edmar Santos. O órgão alega que os fatos investigados pelo Ministério Público do Rio na Operação Mercadores do Caos são os mesmos que estão sendo investigados pela PGR no Inquérito 1338, da Operação Placebo, em tramitação no STJ.

A PGR pediu que os inquéritos e ações penais decorrentes da Operação Mercadores do Caos sejam deslocados para o órgão, e que seja declarada a incompetência da Justiça Estadual.

A Procuradoria Geral da República tem entre suas prerrogativas exercer as funções do Ministério Público junto ao Supremo Tribunal Federal (STF) e ao STJ.

O inquérito1338, da Operação Placebo, investiga o governador Wilson Witzel e tem como relator no STJ o ministro Benedito Gonçalves. Foi nesse inquérito que foram cumpridas as buscas nos endereços do Witzel, inclusive nos palácios Guanabara e Laranjeiras.

No domingo (12), o ministro João Otávio de Noronha encaminhou um ofício ao juiz Bruno Ruliére, da 1ª Vara Especializada do TJ do Rio, que decretou a prisão do Edmar.

O ministro pediu que sejam encaminhados ao STJ “o teor das investigações em curso, as condutas apuradas, os envolvidos, os fatos relacionados, bem como cópia(s) da(s) decisão(ões) que decretou(aram) prisão(ôes) e/ou medida(s) cautelar(es) e respectivo(s) pedido(s), enfim todos os elementos que permitam confirmar ou afastar as alegações trazidas pela representante do Ministério Público Federal”.

O ministro do STJ também determinou ao MP do Rio que mantenha “sigilo de tudo que foi apurado, o teor das buscas, o material arrecadado, enfim, todos os elementos lá colhidos antes, durante e depois das medidas cautelares levadas a efeito na última semana”.

Prisão e dinheiro encontrado

Edmar foi preso na última sexta-feira (10) em seu apartamento, em Botafogo, Zona Sul do Rio. Durante a operação que resultou em sua prisão, foram encontrados R$ 8,5 milhões.

A GloboNews apurou que foram bloqueados R$ 617 mil nas contas do ex-secretário estadual de Saúde até o momento. A Justiça mandou bloquear até R$ 36 milhões na decisão que permitiu a prisão dele.

Operação Mercadores do Caos

A Operação Mercadores do Caos investigou a suposta fraude na compra de respiradores pelo estado para o combate à Covid-19. Entre as pessoas que foram presas na operação está também o ex-subsecretário estadual de saúde Gabriell Neves.

Ao Ministério Público do Rio, dois ex-servidores da secretaria afirmaram que Edmar sabia de contratações suspeitas que são investigadas.

Um dos ex-servidores afirmou que existia uma orientação informal para que os procedimentos de contratações da pasta não passassem pela Subsecretaria Jurídica da Saúde, órgão responsável por analisar os contratos.

O ex-servidor confirmou que as ordens partiram de Gabriell Neves, ex-subsecretário de Saúde do RJ e preso por suspeita de fraude, Maria Ozana e Edmar Santos.

Fonte: G1

CN

Polícia Ambiental deflagra operação contra grilagem de terras em reserva de RO

Ação começou a ser realizada no início de julho na região. Com 170 famílias, a reserva integra o maior bloco de área protegida do Estado de Rondônia.

Levantamento na ação aponta que famílias da área são ameaçadas por grileiros.  — Foto: Divulgação/PMA
Levantamento na ação aponta que famílias da área são ameaçadas por grileiros

O Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e equipes da Polícia Militar Ambiental realizam uma operação de fiscalização e combate a grilagem de terra pública, na Reserva Extrativista Rio Ouro Preto, em Guajará-Mirim (RO).

Conforme o levantamento as ações , duas famílias foram obrigadas a saírem de suas áreas após ameaças de grileiros.

A Operação 4, de fiscalização e combate a grilagem na região, começou a ser realizada no início de julho na região. Com 170 famílias, a reserva integra o maior bloco de área protegida do Estado de Rondônia.

Segundo um levantamento preliminar feito pelo ICMBio foram lavrados:

  • 11 autos de infração por: desmatamento, extração irregular de madeira, destruição das unidades de pesquisas instaladas no ramal dos seringueiros para monitoramento da biodiversidade, entrada irregular na unidade de conservação e introdução de espécies exóticas (gado);
  • embargo de três áreas, totalizando até hoje: 100 hectares de área embargada, que foram desmatadas;
  • apreensão de um caminhão com 110 estacas para cercamento, totalizando 3,51 m³ de madeira;
  • apreensão de 11,2 m³ de mourão e 6,81 m³ de réguas/ripas.

Ainda de acordo com o levantamento, também foram registrados dois boletins de ocorrência por dois comunitários do Ramal dos Seringueiros, que foram obrigados e ameaçados a saírem das suas áreas.

As ameaças estão sendo encaminhadas pelo instituto ao Ministério Público Federal (MPF) e para a Polícia Federal (PF) para identificação dos autores.

A Amazônia registrou 1.034,4 km² de área sob alerta de desmatamento em junho, recorde para o mês em toda a série história, que começou em 2015. No acumulado do semestre, os alertas indicam devastação em 3.069,57 km² da Amazônia, aumento de 25% em comparação ao primeiro semestre de 2019.

Os dados são do sistema de Detecção de Desmatamento em Tempo Real (Deter), do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), atualizados na última semana.

O Brasil enfrenta pressão de investidores estrangeiros para diminuir o desmatamento na Amazônia. Nesta quinta-feira (9), o vice-presidente Hamilton Mourão disse para investidores que o Brasil busca reduzir o desmatamento, mas os dados mostram aumento na tendência de desmate.

Fonte: Rede Amazônica

CN

Uma Suprema pizza à vista

Delação Premiada, do que se trata?

A delação premiada é uma negociação entre um juiz e um réu, com o réu contando tudo o que sabe, apresentando ou não as provas, e o juiz concedendo um alívio em sua pena, reduzindo o tempo em que iria ficar preso.

Em resumo, a delação premiada ocorre quando um investigado fornece informações úteis e determinantes para a solução de um crime ou para o esclarecimento de fatos apurados. Para estimular os depoimentos, o delator ganha um “prêmio”, ou seja, um benefício. A delação premiada poderá ser requerida de duas maneiras:

A primeira é por sugestão do promotor da justiça que é responsável pela investigação criminal.

A segunda é pelo próprio juiz que poderá consentir:

1. Que a pena possa ser cumprida em regime semiaberto;

2. Anulação total da condenação;

3. Perdão pela participação no crime.

Ressalta-se, que o investigado precisa colaborar de forma inequívoca sobre quaisquer dos fatos, e caso minta ou omita, o acordo perde a validade. Ao acordar a delação premiada, o investigado perde as prerrogativas de acusado, e assume as prerrogativas de testemunha, renunciando ao direito ao silêncio.

Isso é o que diz a justiça. Minha opinião: Delação Premiada é um Planeta, redondo, pequeno e que gira, e gira muito, e rápido.

2017 foi o que Marcelo Odebrecht fez, acordo de Delação Premiada. E com certeza não vai querer perder os benefícios que ainda restam com mentiras e fatos que não podem ser provados.

Recentemente surgiu que Marcelo Odebrecht, em delação, falou à PGR que enquanto Advogado do PT, Toffoli – que hoje ocupa uma das cadeiras do Supremo – teria recebido por diversas vezes dinheiro de propina entre 2007 e 2009.

Muitos fatos estranhos cercam esse enredo, não menos suspeitos, mas intrigantes. Começou com o fato que um dia antes, Toffoli determinou que a Lava Jato compartilhasse todos os dados com a PGR e Deltan Dallagnol postou na rede social:

“A força tarefa cumprirá a decisão do Presidente do STF para dar acesso às bases de dados, mas lamenta a orientação inédita de compartilhar informações sigilosas e dados privados de cidadãos sem indicar investigação específica relacionada.”

Por que isso nunca tinha vindo à tona?

Só agora com a determinação de Toffoli?

Será vingança dos procuradores da Lava Jato?

Se esse erro do Ministro do STF estava nas delações em sigilo, procuradores da Lava Jato sabiam. Não é prevaricação?

Caso não, por qual motivo só agora Marcelo Odebrecht resolveu falar?

Se for mentira, ele perderá o pouco de vantagem que tem no processo. Agora, se for verdade e ele tiver como comprovar…Quem vai ser o “pizzaiolo” da vez e rasgar mais um pouco das leis, regras e normas?

Os membros da corte, referidos ministros do Supremo Tribunal Federal, são escolhidos pelo presidente da República entre os cidadãos com mais de 35 e menos de 65 anos, de notável saber jurídico e reputação ilibada.

Acredito que para quem foi Advogado do PT e recebeu propinas da Odebrecht, reputação ilibada não é uma característica. Mas como disse, pode ser mentira e Marcelo ser um louco querendo perder as conquistas da delação e estar falando besteira. Afinal, Toffoli é um Ministro corretíssimo com Graduação em Direito e… e…e Graduação em Direito; que abriu o inquérito sigiloso das “Fake News”, com base em informações de pessoas investigadas e outras presas por “Fake News”; tendo como “sorteado” para relator do processo, Alexandre de Moraes. Não podemos esquecer que a corte está “acima” da Constituição Federal, então…

Qual pizzaria vai escolher os 3 sabores com bordas de telhado de vidro? Creio que vamos ficar só em notícias e imaginando que poderíamos morar em um país com parlamentares, tendo a maioria honesta.

Não são os políticos que viram safados, são os safados que viram políticos, e pelo nosso voto. Lembre-se disso nas próximas eleições.

Por Claiton Appel*

*Jornalista. Diretor da Ordem dos Jornalistas do Brasil.

CN

Servidores da saúde participam de curso EAD sobre doenças respiratórias em RO

Curso tem ampla abertura para a todas as equipes de profissionais que estão diretamente na linha de frente na batalha do novo coronavírus

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), através do Centro de Educação Técnico Profissional na Área de Saúde (Cetas), em parceria com o Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) e a Organização Pan-Americana da Saúde (Opas), realizará na próxima quarta-feira (15) o lançamento nacional de cursos de educação à distancia (EAD), para as escolas de saúde pública no Brasil. Rondônia está incluso entre os 19 estados que irão participar.

A abertura acontece no dia 15 julho, às 14:30 (horário de Brasília). O curso em EAD será sobre Doenças Ocasionadas por Vírus Respiratórios Emergentes, incluindo a Covid-19.

O curso terá a participação do presidente do Conselho Nacional de Secretários de Saúde, Carlos Lula, da coordenadora do curso, Debora Oliveira, e da Organização Mundial de Saúde (OMS), Socorro Gross. Com duração prevista de quatro horas de curso, os servidores poderão participar de qualquer lugar.

“Considerando esse momento em que estamos enfrentando uma pandemia, esse curso é fundamental para que elaborássemos estratégias para ofertas de conhecimento e qualificação de cuidados aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS), com ampla abertura para a todas as equipes de profissionais que estão diretamente na linha de frente na batalha do novo coronavírus”, disse a gerente pedagógica do Cetas, Marcela Milrea Araújo Barros.

Todos os servidores interessados em saber descrever os princípios fundamentais dos vírus respiratórios emergentes e como responder efetivamente a um surto podem participar através do link disponibilizado: https://www.campusvirtualsp.org/pt-br/curso/virus-respiratorios-emergentes-incluindo-o-covid-19

Fonte: Sesau

CN

Heleno enquadra Gilmar: “Comentário lamentável e muito infeliz” (veja o vídeo)

A declaração foi realmente muito infeliz. Será uma lástima se não se arrepender.

O ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), general Augusto Heleno, alertou que uma afirmação recente do ministro do Supremo Tribunal (STF), Gilmar Mendes, foi “muito ruim e infeliz”.

Heleno classificou como “lamentável” a declaração de Gilmar e disse que o ato gerou grande incômodo dentro das Forças Armadas.

“No meio militar a repercussão foi muito ruim. A declaração foi realmente muito infeliz. Será uma lástima se não se arrepender. Não tem genocídio acontecendo. Para chegar a genocídio falta muito. A declaração foi lamentável”, reiterou o general, em entrevista à rádio Bandeirantes.

Confira:

CN

Polícia alemã tenta capturar ‘Rambo da Floresta Negra’

Mais de 100 agentes de segurança participam de operação para capturar homem vestido com roupas de camuflagem e armado de arco e flecha, que conseguiu desarmar um grupo de policiais e se apossar de suas armas.

As autoridades de segurança do estado alemão de Baden-Württemberg estão conduzindo nesta segunda-feira (13) uma megaoperação para capturar um fugitivo armado com pistolas e um arco e flecha que se esconde na Floresta Negra, no sudoeste do país.

Conforme as autoridades locais, no domingo o homem de 31 anos, trajando roupas de camuflagem, chegou a render um grupo de policiais e tomar suas armas.

A caçada transcorre na região de Oppenau, a cerca de 30 quilômetros da fronteira com França. Helicópteros, cachorros e cerca de 100 policiais foram descolocados para a área. As autoridades pedem que o público evite se deslocar para a região, normalmente repleta de turistas no verão. Bloqueios foram instalados em estradas em volta de Oppenau.

Uma foto do suspeito foi divulgada, mas as autoridades evitaram revelar seu nome. Segundo o tabloide “Bild”, o fugitivo se chama Yves. R. e tem um histórico de detenções por posse ilegal de armas e por ferir a namorada com uma flechada.

O jornal também divulgou uma fotografia do suspeito vestindo o que parece um uniforme completo de combate. Segundo um porta-voz da polícia, ele se encontra em situação de “emergência psiquiátrica”, e o público deve evitar se aproximar dele.

Segundo o jornal, ele vive de bicos na região e foi despejado do apartamento há um ano por falta de pagamento do aluguel. Após passar meses vivendo em seu carro, ele se instalou numa velha cabana na floresta.

De acordo, com a Polícia de Baden-Württemberg, o caso começou após as autoridades serem notificadas no sábado de que havia um homem em atitude suspeita, armado de arco e flecha, andando na floresta.

Quatro policiais foram deslocados para interpelá-lo. Segundo as autoridades, o suspeito chegou a cooperar inicialmente, mas “em circunstâncias que ainda não foram esclarecidas”, conseguiu render os policiais. De acordo com a imprensa da região, ele sacou uma arma de fogo que trazia oculta e ameaçou os policiais.

De acordo com a polícia, ele “não deixou espaço para que os agentes reagissem a essa situação perigosa”. Estes acabaram entregando suas armas, e nenhum ficou ferido. Em seguida, o homem voltou para a mata. De acordo a imprensa alemã, as pistolas da polícia que presumivelmente está carregando têm capacidade de 16 balas cada.

Ele foi apelidado de “Rambo da Floresta Negra” pela imprensa alemã, por causa das semelhanças do episódio com elementos dos dois primeiros filmes da série estrelada por Sylvester Stallone nos anos 1980.

No primeiro filme, Rambo – Programado para matar, o personagem, um veterano amargurado da Guerra do Vietnam, era caçado por policiais numa floresta do oeste dos Estados Unidos. No segundo, Rambo – A missão, ele passa a usar aquela que seria a arma mais identificada com o personagem: o arco e flecha.

Fonte: G1

CN

Novas medidas para o ‘Plano Todos Por Rondônia’ começam nesta quarta-feira (15)

Segundo a equipe técnica do estado, com a nova reclassificação para cada município a mudança é de que entrem em fases com maior permissão de atividades econômicas e inclusive reabertura do comércio.

Equipe técnica do Governo aponta estratégias adotadas para equilíbrio entre saúde e economia

Em coletiva realizada na manhã desta segunda-feira (13), a equipe técnica do Governo de Rondônia anunciou que as novas classificações dos municípios nas fases do Plano Todos Por Rondônia, que serão feitas ainda hoje, passam a vigorar a partir de quarta-feira (15) e já sinaliza a ampliação de atividades econômicas.

A equipe também reforçou, que as medidas que norteiam o Plano consideram, em especial, a preocupação com a saúde de cada um dos rondonienses, e tem como base critérios técnicos e a construção conjunta através do diálogo com Poderes e demais atores sociais de estratégias que beneficiem e protejam a população.

As novas classificações dos 52 municípios serão feitas através de portaria que deve ser publicada nesta segunda-feira (13), considerando a alteração feita pelo decreto publicado na última sexta-feira (10). O decreto alterou o critério da taxa de casos confirmados, que inclui óbitos e recuperados, pessoas que não ameaçavam demanda futura de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), por taxa de crescimento de casos ativos, esses sim sinalizam demanda por leitos de UTI; e manteve o critério de taxa de ocupação de leitos de UTI.

Desta forma, para um município avançar em fases de maior ampliação de atividades econômicas, a taxa de crescimento de casos ativos e de leitos de UTI não podem alcançar índices que ameacem colapso na saúde. Com a mudança na matriz de reclassificação, a sinalização é de que os municípios entrem em fases com maior permissão de atividades econômicas.

Porto Velho, por exemplo, apresenta uma expectativa de avançar para a fase 3, a de abertura comercial seletiva. Nesta, são permitidas todas as atividades econômicas, exceto casas de show, bares e boates, eventos com mais de dez pessoas, cinemas e teatros, balneários e clubes recreativos, cursos e afins para pessoas com menos de 18 anos, cursos profissionalizantes e capacitações em instituições públicas, cursos e afins com mais de 10 pessoas.

O governador de Rondônia, coronel Marcos Rocha, que está de quarentena devido a primeira-dama ter recebido diagnóstico positivo para Covid-19, foi representado na coletiva pelo chefe da Casa Civil, Júnior Gonçalves, que reforçou que o governador tem seguido firme no enfrentamento à pandemia, considerando o principio de responsabilidade com a saúde da população, responsabilidade com a transparência e com o compromisso de buscar as melhores práticas para evitar a disseminação do contágio.

Ele destacou que Rondônia, assim como o mundo inteiro, não tinha um manual de instrução para enfrentar a pandemia, mesmo assim foram criados leitos exclusivos de UTI para tratamento da Covid-19, que já são mais de 160. O Estado alcançou o primeiro lugar no Brasil em testagem da população e possui baixa letalidade, com apelo para que população receba já na Atenção Básica o tratamento com protocolo de medicamentos, para evitar o agravamento de casos.

”Apesar de todas as pressões, o governador decidiu seguir uma estratégia: responsabilidade, respeitando seu corpo de técnico de saúde, epidemiológico, estatístico; formando gabinete de crise com todos os Poderes, com seus secretários, pessoas de representatividade à sociedade e de órgãos de controle. Muitos falaram que não havia diálogo, mas o diálogo fez parte de todo esse momento com constantes reuniões, e isso é que nos faz chegar aos objetivos”, disse Júnior Gonçalves.

O secretário de Estado de Finanças (Sefin), Luís Fernando Pereira da Silva, reforçou que o objetivo principal do Plano Todos Por Rondônia, que avalia resultados e define reclassificações a cada ciclo de 14 dias, é evitar o colapso na saúde. ”Graças a Deus esse objetivo tem sido alcançado. Rondônia, ao contrário de outros estados, não tem tido colapso no sistema de saúde e estamos aprimorando constantemente as estratégias do plano”, explica.

A mudança do critério de casos confirmados para casos ativos na matriz de reclassificação do plano, também foi apontada como medida positiva para equilíbrio entre saúde e economia em Rondônia. ”Com esse aprimoramento, a gente consegue manejar a maior ampliação ou restrição de atividades econômicas de cada município de forma mais adequada, e assim evita-se colocar municípios em fases restritivas sem necessidade. Rondônia, em boa parte dos municípios, tem reduzido o número de casos ativos, estão em fase de estabilização, tendendo à redução”.

Poupando a economia de sacrifícios desnecessários, Rondônia planeja a retomada gradual da economia.

Fonte: Secom-RO

CN

Bairros da capital recebe manutenção e limpeza de canais e asfalto pela prefeitura

Equipes darão início pelas ruas do bairro Lagoa, localizado na região Leste de Porto Velho.

A Prefeitura de Porto Velho está dando uma cara nova ao bairro Lagoinha, localizado na zona Leste da cidade. Estão em fase de conclusão as obras de tapa buracos, regularização de base, drenagem, limpeza de canais e asfalto, resultado de mais um trabalho da Secretaria Municipal de Infraestrutura Urbana e Serviços Básicos (Semisb), através da Subsecretaria de Obras e Pavimentação (Suop).


No bairro Lagoinha já se pode ver o clima de expectativa dos moradores pelo fim das obras que tiveram início em janeiro. Foram realizados desobstrução de canal na rua Itajaí, canal do Tancredo Neves e encascalhamento nas ruas Dois Irmãos, Botafogo e rua Palmeiras.

Semusb continua mutirões de limpeza e pede mais colaboração dos ...
Equipes da Semisb



Já a drenagem com assentamento de turbo armco foi feita nas ruas Maria Natmaer, Negreiros com rua Sebastião Soares e a retirada de entulhos aconteceu na rua Cará com rua Piramutaba.

Na semana passada mais duas ruas foram beneficiadas: Nova Esperança e Esperança, que receberam a base para a pavimentação asfáltica. Já a rua Negreiros contou com o trabalho de drenagem e construção de boca de lobo. Outro ponto foi a rua Ipu, contemplada com drenagem (assentamento de manilhas). O serviço de drenagem (assentamento de manilhas) também ocorreu na rua Maria Natmaer e Francisca Guimarães, onde foram assentadas 20 manilhas e realizada a limpeza 40 metros de vala.

Dando seguimento aos trabalhos, a Semisb dará início esta semana a preparação de base para iniciar o serviço de pavimentação asfáltica. Estão na programação 16 ruas: Sebastião Soares, João Paiva, Sem Nome 23, Ubajara, Francisco Guimarães, Citrino, Iguatu, Crateús, Padre Cícero Morada Nova, Nova Esperança, Cedro, Ipú, Buquê, Ana Caucaia e Ana Sobral.

A Suop também vai beneficiar com base para asfalto as ruas: Ana Caucaia, Ana Sobral, Nova Esperança e rua Esperança; com drenagem e assentamento de manilha a rua Buquê com rua Ana Sobral e a rua Ipu.

BAIRRO LAGOA
O prefeito de Porto Velho, Hildon Chaves, assinou na última sexta-feira (10), a ordem de serviços para realização de obras de drenagem e asfaltamento de 10 km de ruas no bairro Lagoa, também na região Leste da Cidade. O bairro sempre foi um dos mais atingidos por alagamentos no inverno amazônico, devido à falta de meios para o escoamento das águas pluviais.

A atual gestão está fazendo o maior investimento da história de Porto Velho em infraestrutura viária. Vários bairros relegados a décadas de esquecimento estão tendo sua importância resgatada.


“Moradores de bairros como Flamboyant, Conceição, Lagoinha, Lagoa, Teixeirão e outros, já tinham perdido as esperanças. Após décadas de abandono estavam resignados, acreditavam que a sina seria viver na lama durante o inverno amazônico e na poeira no verão. Nós estamos mudando essa percepção e provando que com responsabilidade administrativa, criatividade, bom relacionamento com a bancada federal e uma gestão austera é possível fazer muito com pouco”, destacou o prefeito Hildon Chaves.

Fonte: Comdecom

CN