Diretores da Caerd fazem farra, recebem até R$ 80 mil em um mês e deixam companhia sem dinheiro

Agora com os cofres vazios, os diretores querem “ajuda” do Governo do Estado para comprar insumos

Diretores da Caerd pagaram para si mesmo até R$ 80 mil em um único mês, deixando a empresa em uma situação muito difícil. Agora que falta dinheiro até mesmo para comprar insumos a companhia está pedindo ajuda ao Governo do Estado.

Um projeto autorizando o Governo a efetuar repasses para a Caerd foi encaminhado à Assembleia Legislativa, mas os deputados se negaram a votar a matéria na semana passada. Nesta semana foram revelados os gastos dos diretores.

Contra Cheque

Em quanto isso, a companhia, que está em processo de falência, não era obrigada a comprar férias de funcionários, o que em um único caso resultou em uma despesa de aproximadamente R$ 70 mil.

Vale lembrar que, a Caerd nunca esteve bem das pernas, mas a situação piorou quando foi implantada a gestão compartilhada. Assim, os funcionários passaram a administrar a empresa e resolverem seus próprios problemas, passando a receber salários altíssimos enquanto a saúde financeira da companhia somente piorava.

Em um breve levantamento feito pelo jornal “Correio de Notícia”, apuramos que a situação da empresa se agravou, com a falta de dinheiro decorrente de mais uma farra de salários que beneficiou diretores da empresa. Estamos falando apenas de Diretores, ou seja, não estão inclusos dezenas de cargos de confiança.

Pelas informações que conseguimos levantar, somente os valores pagos para esses diretores chegaram o montante de mais de R$ 80.000,00 mil. Seria muito interessante que a empresa abrisse a caixa preta e divulgasse, para todo o corpo funcional, a real situação dos assessores: quantos são, o que fazem e quanto custa para companhia.

Veja Contracheques:

1-1

3-1

Redação/CNR

Spread the love

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *