Eleições 2020: Covas e Russomanno lideram disputa em SP, diz pesquisa

Candidatos se destacam nos dois cenários analisados pelo instituto RealTime Big Data , mas atual prefeito tem a 2ª pior rejeição, só superada por Boulos 

 O instituto RealTime Big Data divulgou nesta segunda-feira (17) uma pesquisa de intenções de voto para a eleição municipal em São Paulo. Nos dois cenários analisados, com ou sem a candidata Marta Suplicy (Solidariedade), a disputa fica entre o atual prefeito da cidade, Bruno Covas (PSDB), e Celso Russomanno (Republicanos).

Foram entrevistadas 1.200 pessoas nos dias 12 e 13 de agosto, e a margem de erro é de 3 pontos percentuais, para cima ou para baixo.

No cenário 1, com a pré-candidata do Solidariedade, Bruno Covas aparece com 26%, seguido por Russomanno: 22%. Atrás dos dois, a uma boa distância, estão empatados com 7% Marta, Márcio França (PSB) e Guilherme Boulos (Psol).

No cenário 2, sem Marta, Covas tem 27%, Russomanno, 23%, França tem 8% e Boulos, 7%.

Boulos tem a maior rejeição entre todos os candidatos, com 15% dos eleitores dizendo que não votariam nele de jeito nenhum. Na sequência vem o atual prefeito, com 13%, seguido por Russomanno, com 12%, e Marta Suplicy, com 10%. 

Na pesquisa espontânea, na qual os eleitores são perguntados em quem votariam antes de ver o nome dos candidatos, Covas também lidera, com 10%. Russomanno tem 3%, França e Boulos, 2%. Com 1% surgem Marta e dois não pré-candidatos: o ex-prefeito Fernando Haddad (PT) e o governador do Estado, João Doria (PSDB).

Veja os números da pesquisa de opinião pública

Avaliação do prefeito

O instituto perguntou também qual a opinião dos paulistanos sobre a gestão do prefeito da cidade, que tenta a reeleição. Consideram ótimo ou bom o governo 26% dos entrevistados, para 37% ele é regular e 32% veem a administração como ruim ou péssima.

Questionados se aprovam ou não a forma como Bruno Covas comanda a prefeitura, 49% disseram sim à questão, enquanto 44% desaprovam a gestão. Não souberam ou não quiseram respondera a pergunta 7% das pessoas.

A pesquisa foi registrada com o número SP 00112/2020. 

Fonte: R7

Spread the love

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *