Ministro diz que gostaria que Lula tivesse concorrido em 2018, (veja o vídeo)

“Teria feito bem à democracia”, diz o ministro Edson Fachin do STF

Nesta segunda-feira, 17, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Edson Fachin, afirmou que a candidatura do ex-presidiário Luiz Inácio Lula da Silva, em 2018, “teria feito bem à democracia”.

“O tempo mostrou que teria feito bem à democracia brasileira se a tese que sustentei no TSE tivesse prosperado na Justiça Eleitoral. Fazer fortalecer no Estado democrático o império da lei igual para todos é imprescindível. Especialmente para não tolher direitos políticos”, disse Fachin.

Vale ressaltar que em 2018, Fachin foi voto vencido no julgamento do STF que decidiu por seis votos a um impedir a candidatura de Lula com base na Lei da Ficha Limpa.

“No julgamento em que esteve em pauta a candidatura do ex-presidente Lula, fiquei vencido. Contudo, mantenho a convicção de que não há democracia sem ruído”, reiterou.

Como se não bastasse tais afirmações, o ministro comparou a atual situação política do Brasil com o governo fascista de Benito Mussolini.

“Atentemos para aqueles que consideram os princípios constitucionais um estorvo”, concluiu o ministro do STF.

Preocupante.

Confira:

Fonte: Jornal da Cidade

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *