Sem dar trégua ao crime organizado! PF cumpre 600 mandados contra o PCC

Na manhã desta segunda-feira, 31, uma megaoperação coordenada pela Polícia Federal (PF) está cumprindo um total de 422 mandados de prisão e 178 mandados de busca e apreensão contra uma das maiores facções criminosas da América Latina, o Primeiro Comando da Capital (PCC).

A Justiça já bloqueou cerca de R$ 252 milhões em contas ligadas ao grupo.

No total, a operação batizada de Caixa Forte, cumpre as ordens em 19 estados e no Distrito Federal.

Entre os alvos da megaoperação, estão integrantes do PCC, familiares e outras pessoas responsáveis por lavar dinheiro para a organização.

Segundo a PF, esta é a maior operação da corporação em número de estados, mandados e valores apreendidos.

Somente em um endereço, em Santos, no litoral de São Paulo, agentes encontraram R$ 2 milhões e US$ 730 mil em espécie.

Confira:

Entenda como funcionava o esquema:

Segundo as investigações, 210 detentos recebiam um “auxílio mensal” da facção por terem alcançado “cargos” de alto escalão na organização criminosa ou por terem realizado missões, como a execução de servidores públicos.

Os pagamentos eram feitos por meio de contas de pessoas que não pertenciam à facção, a fim de evitar a identificação dos recursos por parte das autoridades.

A operação contou com a Força Integrada de Combate ao Crime Organizado de Minas Gerais (FICCO), composta por PF, Polícia Civil de Minas Gerais, Polícia Rodoviária Federal e Departamento Penitenciário Nacional (Depen) e Departamento Penitenciário de MG.

Fonte: G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *