Corpos de Policiais mortos em ataque de sem terras em Mutum-Paraná são velados

Espalhar a Notícia
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Tenente José Figueiredo Sobrinho foi assassinado no sábado (3) com cerca de 10 tiros em uma fazenda onde pescava. Sargento PM Márcio Rodrigues da Silva foi morto durante operação de resgate.

Os corpos dos dois policiais militares que morreram no último fim de semana em uma fazenda de Rondônia são velados nesta segunda-feira (5) em Porto Velho (RO). Os sepultamentos estão previstos para o fim da manhã nos cemitérios Recanto da Paz e Santo Antônio.

Tenente José Figueiredo Sobrinho e sargento PM Márcio Rodrigues da Silva

O tenente da reserva, José Figueiredo Sobrinho, foi assassinado no sábado (3) com cerca de 10 tiros, após ser encontrado por um grupo armado dentro de uma fazenda de Mutum-Paraná, distrito de Porto Velho. Familiares da vítima disseram que ele estava a lazer no local.

O sargento PM Márcio Rodrigues da Silva morreu enquanto apurava a ocorrência de homicídio que vitimou Figueiredo. O corpo dele começou a ser velado às 8h e reuniu familiares, amigos e colegas da corporação, que lamentam a perda.

Veja Também:

A filha do tenente da reserva contou que o pai gostava muito de pescar e estava com amigos limpando os peixes no momento do ataque.

“Meu pai saiu de casa no dia 2 para pescar com amigos. Estavam perto de um rio quando foi executado. Era quase meio-dia, eles estavam tratando peixe, limpando. Quando chegaram essas 10 pessoas armadas com fuzil. Bem mais armados que um policial sozinho”, disse.

Figueiredo deixa esposa, a filha única e uma neta. A mãe do tenente ainda não sabe sobre a morte do filho.

“Angústia. Como eu vou chegar e falar pra minha filha que o avô dela morreu? Minha vó também não sabe que meu pai tá morto… Na hora que ele morreu eu senti um aperto no coração mas eu não entendi o que era. Mais tarde uma policial ligou para minha mãe informando”, lamentou.

Fonte: G1/RO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *