Operação da Policia Federal cumpre 16 mandados de prisão em Tocantins

As autoridades também cumprem ordens de sequestro de bens dos suspeitos no valor de R$ 12 milhões.

Nesta quarta-feira, 07, a Polícia Federal está cumprindo 16 mandados de prisão e 36 de busca e apreensão contra um grupo suspeito de desviar recursos públicos da saúde em nove municípios da região norte do Tocantins.

As autoridades também cumprem ordens de sequestro de bens dos suspeitos no valor de R$ 12 milhões.

Segundo informações, a operação busca apurar um esquema de corrupção realizado por servidores públicos, que desviavam recursos destinados a aquisição de medicamentos.

Os mandados são cumpridos nos municípios de Araguaína, Aguiarnópolis, Sítio Novo do Tocantins, Ananás, Augustinópolis, Buriti do Tocantins, Luzinópolis, Praia Norte, Palmeiras do Tocantins, Riachinho, São Sebastião do Tocantins, Maurilândia do Tocantins e Imperatriz (MA).

De acordo com a Controladoria-Geral da União, as empresas investigadas emitiram 4.536 notas fiscais no período de 2016 a 2019, no valor de R$ 25.690.174,20. Do total de notas emitidas, 47% foram canceladas após a emissão, somando R$ 14.519.135,42. Mesmo assim, o valor era pago pelos municípios.

Agentes fazendo buscas em endereço durante operação — Foto: PF/Divulgação
Buscas foram realizadas em diversos endereços — Foto: PF/Divulgação

Spread the love

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *