Lava Jato recupera fortuna escondida nas Bahamas por delator da Rede Globo

O retorno do dinheiro faz parte do acordo de colaboração firmado entre Messer e o Ministério Público Federal em agosto.

Nos próximos dias, US$ 13 milhões escondidos nas Bahamas por Dario Messer devem ser repatriados pela Lava Jato. O retorno do dinheiro faz parte do acordo de colaboração firmado entre Messer e o Ministério Público Federal em agosto.

O acordo prevê, ainda, a repatriação de recursos à partir da venda de imóveis e fazendas do doleiro no Paraguai, um patrimônio avaliado em US$ 150 milhões.

Dario Messer, quando foi preso pela PF

No total, Dario Messer deve devolver R$ 1 bilhão aos cofres públicos pelo acordo de delação homologado na Justiça. Ele foi condenado a 18 anos e 9 meses de prisão.

Dario Messer ficou conhecido como o “doleiro dos doleiros”. Réu na Lava Jato sob a acusação de participar de esquemas nacionais e transnacionais de lavagem de dinheiro, ele fez o acordo.

Durante depoimento, Messer afirmou ao Ministério Público que fazia de 2 a 3 repasses mensais à família Marinho, proprietária da Rede Globo, e que os valores variavam de US$ 50 mil a US$ 300 mil por remessa.

Fonte: Veja

Faça seu Comentário