Mourão faz fortes críticas a decisão de Marco Aurélio de soltar líder do PCC

“Por que tantas prescrições de processos envolvendo políticos?”

O vice-presidente da República, general Hamilton Mourão, fez fortes críticas à decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Marco Aurélio Mello, de soltar o líder do PCC em São Paulo, André Oliveira Macedo, o “André do Rap”.

Segundo o general, a decisão não está de acordo com o que a sociedade deseja, pois se trata de um marginal de alta periculosidade.

“O que é indesculpável é a demora para julgar e determinar a pena de bandidos com alto grau de periculosidade”, disse Mourão.

E indagou:

“Por que tantas prescrições de processos envolvendo políticos?”, disse Mourão.

Fonte: CNN

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *