Militantes destroem igrejas no Chile (veja o vídeo)

Fogo e vandalismo em meio ao ódio

Neste domingo (18), milhares de manifestantes se reuniram na Praça Itália, no centro de Santiago, para participar de uma manifestação, que acabou por ser uma demonstração de violência e vandalismo, culminando com o incêndio provocado em uma igreja.

O ato foi organizado para comemorar o primeiro aniversário dos protestos que se iniciaram no ano passado contra a desigualdade no Chile, mas acabou em confronto e tumulto.

Mais de 15 estações de metrô foram fechadas temporariamente durante os tumultos, e vândalos encapuzados ainda atacaram outra igreja da cidade, incendiando seu pináculo.

As autoridades já estão investigando para saber a origem dos atos terroristas!

Nas redes sociais, internautas estão estranhando o fato de o Papa Francisco manter-se em silêncio perante a situação.

Até o momento, Francisco nada disse sobre o terrorismo praticado pelos militantes no Chile e os rumores são de uma possível complacência.

Assista ao vídeo:

Fonte: Jornal da Cidade

Faça seu Comentário