Maia diz que Salles “resolveu destruir o próprio governo”

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), entrou na briga entre as alas militar e ideológica do governo. Depois de o ministro Ricardo Salles, do Meio Ambiente, chamar o ministro Luiz Eduardo Ramos, da Secretaria de Governo, de “Maria Fofoca”, Maia disse que  depois de acabar com o meio ambiente, Salles agora vai acabar com o próprio governo.

“O MINISTRO RICARDO SALLES, NÃO SATISFEITO EM DESTRUIR O MEIO AMBIENTE DO BRASIL, AGORA RESOLVEU DESTRUIR O PRÓPRIO GOVERNO”, DISSE MAIA EM PUBLICAÇÃO NO TWITTER. 

A fala de Salles, nesta sexta-feira (23), inaugurou uma série de ataques da ala mais radical do governo ao general Ramos, responsável pela articulação política do governo e pela aproximação com o Centrão.

“Não tente fingir que você é a honra viva das Forças Armadas. Você é apenas você mesmo e, cá entre nós, não acredito que isso seja grande coisa”, escreveu Olavo de Carvalho em comentário dirigido ao general Ramos. Filipe Barros compartilhou a mensagem de Salles, disse concordar 100% com ele e levantou a #ChegaDeMariaFofoca.

Fonte: Congresso em Foco

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *