Governo usa assessores para mentir e atacar prefeito sobre caso da rodoviária

Governo usa assessores para mentir e atacar prefeito sobre caso da rodoviária

Mais uma vez pessoas que ocupam cargo comissionado no governo tentam prejudicar prefeito

Entenda o caso:

Causou estranheza um vídeo postado nas redes sociais na manhã deste domingo no perfil do advogado Lauro Fernandes Junior, que se diz assessor técnico do governador Marcos Rocha, acusando o prefeito de Porto Velho, Hildon Chaves, de omissão no caso da rodoviária.

Dias atrás, durante uma live no Facebook, Chaves disse que a culpa pelo abandono das instalações do terminal de passageiro é do próprio Governo do Estado, que não repassa a concessão.

Um documento oficial comprova as declarações do prefeito. No dia 10 de junho de 2019, o Contrato de Delegação de Terminal Rodoviário repassando a rodoviária da Capital para a Prefeitura de Porto Velho estava concluso e pronto para ser assinado. Sem motivos aparentes, o governador Marcos Rocha cancelou a cerimônia de assinatura do documento.

O chefe da Casa Civil, Junior Gonçalves, ligou para a assessoria do prefeito e anunciou o cancelamento da cerimônia, mas não se explicou.

O documento, que seria assinado por Hildon Chaves, Marcos Rocha e o ex-presidente da Agência de Regulação de Serviços Públicos Delegados do Estado de Rondônia (Agero), Marcelo Henrique de Lima Borges, garantia a municipalidade o repasse da administração da rodoviária. Hoje, por força da Lei Complementar 366\2007, o órgão que detém a responsabilidade da rodoviária de Porto Velho é a Agero, órgão criado pelo Governo de Rondônia.

Mentira e desespero

Lauro Fernandes, assessor do governador, usou suas redes para atacar o prefeito por um simples motivo. Ele é apoiador do candidato a prefeito do Avante, Breno Mendes, que é apoiado pelos deputados estaduais Jair Montes (Avante) e Marcelo Cruz (Patriotas). Segundo informações de bastidores, o deputado Marcelo Cruz foi o real motivo de não acontecer a cerimônia de assinatura do termo de cessão da rodoviária por interesses pessoais.

A estória criada por Lauro, que aparece no Facebook postando uma metralhadora, aconteceu um dia depois da imprensa divulgar um Boletim de Ocorrência na qual Breno Mendes é acusado de espancar a ex-esposa.

1-WhatsApp-Image-2020-10-25-at-13.33.23-convertido

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *