Ação inédita do Ministério da Justiça e Segurança Pública chega à região Norte

Ação inédita do Ministério da Justiça e Segurança Pública chega à região Norte

Ao longo de três dias, Senasp Itinerante vai apresentar ações do Ministério e ouvir as principais demandas dos gestores de Segurança Pública dos sete estados do Norte

O secretário Nacional de Segurança Pública do Ministério da Justiça e Segurança Pública (Senasp/MJSP), Renato Paim, cumpre agenda a partir desta terça-feira (27), em Rio Branco (AC), para apresentar os programas estruturantes do ministério com foco em prevenção à violência e valorização de todas as forças policiais, peritos e bombeiros. A ação, denominada Senasp Itinerante, tem como objetivo ouvir as principais demandas dos gestores locais de Segurança Pública e otimizar a construção de políticas voltadas à área.

Ao longo de três dias, o Ministério da Justiça e Segurança Pública se reunirá com comandantes-gerais das polícias militares, dos corpos de bombeiros militares, chefes de polícia civil e dirigentes de polícia científica, além de representantes das secretarias estaduais de segurança pública do Acre, Amapá, Amazonas, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins. O evento acontece até o próximo dia 29.

Uma das entregas anunciadas será o aplicativo Sinesp Agente de Campo, ferramenta digital gratuita que dará acesso a mandados de prisão e busca nacional de veículos roubados, entre outras operações. O aplicativo é destinado aos agentes do Sistema Único de Segurança Pública (Susp) que já utilizam as ferramentas do Sistema Nacional de Informações de Segurança Pública (Sinesp). Somente na região Norte, mais de dez mil representantes das forças de segurança pública serão integrados.

Desde o dia 6 de outubro, a comitiva do Ministério da Justiça e Segurança Pública tem realizado essa agenda pelo País. Depois do Centro Oeste, Nordeste e Norte, a Senasp Itinerante segue para o Sul, na cidade de Curitiba (PR) e, em seguida, ao Sudeste, em Belo Horizonte (MG).

Fonte: Assessoria de comunicação – Ministério da Justiça e Segurança Pública

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *