Primo Rico quer punir quem se recuse tomar vacina

Aécio Neves quer obrigar as pessoas a tomar a vacina chinesa

Que vergonha, primo rico ressuscita dos morto e apresenta Projeto de Lei que prevê a punição do cidadão que se recuse tomar a vacina chinesa contra a covid-19. De acordo com o projeto de lei que tramita na Câmara dos Deputados, Aécio Neves quer obrigar as pessoas a tomar a vacina chinesa contra a covid-19, sob pena de punição.

Isso mesmo que você está lendo, nesta terça-feira, 27, o deputado Aécio Neves protocolou um Projeto de Lei que cria sanção a quem se recusar a tomar vacina contra o coronavírus.

O primo rico é investigado em vários processos de corrupção e até hoje não foi punido e muito menos condenado por seus malfeitos.

– O PL em questão estabelece as mesmas penalidades previstas no Código Eleitoral a quem não vota.

Caso o projeto seja aprovado, as pessoas que se recusarem a tomar a vacina, não poderão inscrever-se em concurso, prova para cargo, ou função pública, investir-se ou empossar-se neles; obter passaporte ou carteira de identidade; renovar matrícula em estabelecimento de ensino oficial ou fiscalizado pelo governo, entre outras restrições.

“Quem recusar-se à vacinação estará agindo da mesma maneira que aquele que se recusa a participar das eleições. Este não é local nem momento para discutir a obrigatoriedade do voto. Nosso Direito e nossas convicções coletivas assim o consideram”, afirmou o deputado, na justificativa da brilhante peça.

E diz mais:

“É preciso cuidado com a possibilidade de que haja brasileiros que venham a se recusar à vacinação, seja por razões religiosas, filosóficas ou qualquer que seja. A tarefa do Estado, ao determinar a vacinação, é proteger o direito de todos à vida, e sem esta evidentemente não há sequer opinião, quanto mais direitos”.

“Sumido” desde que seu nome começou aparecer nas listas de corruptos, Aécio volta querendo aparecer… Atrapalhar a vida do cidadão!

Caro primo, a eficácia de qualquer vacina precisa primeiramente ser comprovada, para que outras discussões possam ser alinhavadas para que posteriormente possam ser delineadas as determinações necessárias.

Por Edilson Neves

Spread the love

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *