Equipes da Semi instalam painéis com jardim vertical e vasos na avenida Nações Unidas

Equipes da Semi instalam painéis com jardim vertical e vasos na avenida Nações Unidas

A previsão é que sejam instalados 70 vasos e três painéis e feito ainda todo o replantio das palmeiras que foram danificadas

Dando continuidade ao trabalho de paisagismo, que vem sendo promovido pela Prefeitura de Porto Velho, desde 2017, buscando o embelezamento da cidade, e, consequentemente, bem-estar da população e seus visitantes, a Secretaria Municipal de Integração (Semi), por meio de sua Subsecretaria Municipal de Meio Ambiente (Sema), vem desde o início da semana realizando a instalação de painéis com jardim vertical e de vasos com plantas, na extensão da avenida Nações Unidas, partindo da avenida Sete de Setembro.

A previsão é que sejam instalados 70 vasos e três painéis e feito ainda todo o replantio das palmeiras que foram danificadas. Segundo o titular da Semi, Álvaro Mendonça, através de parcerias, foi possível a aquisição dos vasos em madeira e plantas, não gerando assim custos ao município e ao mesmo tempo possibilitando esse trabalho tão benéfico para a cidade. Já as árvores a serem replantadas são provenientes do Viveiro Municipal.

O objetivo da Semi é estender a ação por outras áreas da cidade que tenham espaço para a instalação dos painéis.

O secretário explicou ainda que a Semi/Sema está participando de uma ação conjunta com a Suop e Semusb na avenida Tiradentes, decorrente de uma ação do Ministério Público, existente desde 2013, que relata os prejuízos causados pela espécie ‘Ficus’ existentes, árvores que foram plantados inadequadamente, há mais de 30 anos.

As raízes dessa espécie se desenvolvem em efeito capilar em busca de água, podendo comprometer galerias pluviais e demais tubulações. Em vez de se aprofundarem no solo, vão ganhando proporção lateral, arrebentando calçadas e causando rachaduras em muros e paredes, entrando pela tubulação e chega até mesmo aos banheiros das casas.

“Atendendo à demanda do MPE e entendendo que a cidade se desenvolveu muito nessa região e não comporta esse tipo de árvore, retiramos e vamos plantar novas espécies, que são adequadas para a área urbana. Assim voltaremos com um cenário arborizado, uma avenida cuidada e que não causará mais prejuízos. Temos ainda um projeto para uma pista de caminhada, em meio as novas árvores, mas ainda estamos avaliando. As árvores serão repostas assim que a Semusb e Suop concluírem a limpeza das galerias e as calçadas forem reconstruídas”, finalizou.

Fonte: Secretaria Municipal de Integração

Faça seu Comentário