Estado conta com com seis redes de frio para armazenar vacina contra Covid-19.

De acordo com avaliação técnica do Ministério da Saúde, Rondônia está em posição de destaque por possuir uma das melhores redes de frio do país.

A Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa), está preparado para receber a vacina contra a Covid-19. O Estado tem capacidade de recebimento, armazenamento, distribuição e transporte contando com seis redes de frio localizadas no município de Porto Velho, Ariquemes, Ji Paraná, Rolim de Moura, Cacoal e Vilhena. Nos últimos dias, o coordenador da Agevisa, Ivo Barbosa, percorreu as Centrais Regionais com o objetivo de aprimorar ainda mais suas capacidades, de forma oportuna e eficiente.

De acordo com avaliação técnica do Ministério da Saúde (MS), Rondônia está em posição de destaque por possuir uma das melhores redes de frio do país, e encontrar-se em conformidade com as exigências dos manuais e notas técnicas do Programa Nacional de Imunizações. A rede de frio estadual possui estrutura técnico-administrativa e tem capacidade para conservar os imunobiológicos, desde o laboratório produtor até o usuário, dos 52 municípios do Estado.

Segundo o coordenador de imunização estadual, não só a vacina contra a Covid-19, mas todos imunobiológicos requerem monitoramento 24 horas, para que seja mantida a segurança, qualidade e eficácia. Isto porque, as vacinas são sensíveis à luz, ao calor e ao frio. Portanto, devem ser armazenadas, transportadas, organizadas, monitoradas, distribuídas e administradas adequadamente por técnicos treinados. Tudo isso visando à manutenção da eficácia e potência, ou seja, sua capacidade de resposta contra as doenças.

A Coordenação Estadual de Imunização da Gerência Técnica de Vigilância Epidemiológica fará a operacionalização da vacinação no Estado. A rede de frio Estadual é responsável pelo recebimento, armazenamento e distribuição das vacinas contra a covid-19, que receberá do Ministério da Saúde. O Estado possui seis centrais redes de frio que fará a distribuição de vacinas e seringas para os 52 municípios deem início a vacinação do público alvo preconizado pelo Programa Nacional de Imunizações do Ministério da Saúde.

CENTRAIS DE REDES DE FRIO NO ESTADO DE RONDÔNIA

Unidade 01: Central Regional de Rede de Frio de Porto Velho
Municípios de Abrangência: Porto Velho, Candeias do Jamari, Itapuã D’Oeste, Guajará-Mirim e Nova Mamoré.

Unidade 02: Central Regional de Rede de Frio de Ariquemes
Municípios de Abrangência: Ariquemes, Cujubim, Rio Crespo, Alto Paraíso, Cacaulândia, Machadinho D’Oeste, Monte Negro, Campo Novo de Rondônia e Buritis.

Unidade 03: Central Regional de Rede de Frio de Ji-Paraná
Municípios de Abrangência: Ji- Paraná, Jaru, Ouro Preto D’Oeste, Presidente Médici, Theobroma, Vale do Anari, Governador Jorge Teixeira, Vale do Paraíso, Teixeirópolis, Urupá, Mirante da Serra, Nova União, Alvorada D’Oeste, São Francisco do Guaporé e Costa Marques.

Unidade 04: Central Regional de Rede de Frio de Rolim de Moura
Municípios de Abrangência: Rolim de Moura, Alta Floresta, Alto Alegre dos Parecis, Castanheiras, Novo Horizonte, Nova Brasilândia D’Oeste, Santa Luzia D’Oeste, Seringueiras, Parecis e São Miguel do Guaporé.

Unidade 05: Central Regional de Rede de Frio de Cacoal
Municípios de Abrangência: Cacoal, Ministro Andreazza, Pimenta Bueno, Primavera de Rondônia, São Felipe do Oeste e Espigão D’Oeste.

Unidade 06: Central Regional de Rede de Frio de Vilhena
Municípios de Abrangência: Vilhena, Chupinguaia, Colorado D’Oeste, Cabixi, Cerejeiras, Pimenteiras do Oeste e Corumbiara

Fonte: Sesau

Spread the love

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *