Senador da CPMI das fake news se nega entregar arquivos para a Polícia Federal (veja o vídeo)

Esse senador Angelo Coronel não se cansa de protagonizar vexatórios espetáculos de contradição.

Recentemente, o senador baiano propôs um projeto de lei onde pretende a punição em até 8 anos de cadeia para quem não se vacinar.

Parece mentira, mas o mesmo senador afirmou, durante entrevista, que não vai se vacinar, pois teve covid e “já tem anticorpos” para protegê-lo.

Confira o vídeo:

Eis que, procurado em outubro pela Polícia Federal para que fornecesse os documentos para subsidiar as investigações do chamado inquérito das fake news, em curso no Supremo Tribunal Federal, Coronel se negou.

Inicialmente, respondeu que o primeiro pedido da PF era “genérico”, o que motivou a delegada Denisse Dias Rosas Ribeiro a fazer uma nova solicitação, especificando os documentos que gostaria de examinar. O segundo pedido, porém, também foi negado.

Eis a alegação do bizarro parlamentar:

“Não foi demonstrada a existência de decisão judicial exarada pelo Supremo Tribunal Federal que justifique o pedido ou vincule este Colegiado. No mesmo sentido, eventual decisão pelo compartilhamento só se legitimaria após deliberação do plenário da CPMI”.

Spread the love

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *