“Não podemos ter mais dois anos da esquerda pautando a Câmara”, diz Bolsonaro (veja o vídeo)

Para nós podermos levar nossas pautas pra frente

Nesta segunda-feira (11), ao ser questionado sobre as eleições para a sucessão de Rodrigo Maia como presidente da Câmara dos Deputados, Bolsonaro declarou sua preocupação:

“Não podemos ter mais dois anos pela frente com a esquerda fazendo a pauta. Do lado de lá está o PT, que só atrapalhou a gente por dois anos. Fizeram a pauta. Não deixaram a gente votar medidas provisórias como, por exemplo, a dos balancetes. A Globo fatura mais de um bilhão por ano em cima de balancetes. Precisa publicar balancete em jornal de papel? Não pode ser nas mídias virtuais? Porque o Rodrigo Maia deixou caducar isso aí? P’ra atender a Globo em mais de um bilhão por ano”, destacou ele.

E, ao discorrer sobre o assunto, lembrou seu apoio ao agronegócio e pediu razoabilidade por parte dos deputados que se dizem ‘defensores do campo’:

“O pessoal do campo tem que estar comigo. É o mínimo de razoabilidade que eu peço para eles. Para nós podermos levar nossas pautas pra frente… Qualquer outro pais tem problemas, porque só se potencializa os do Brasil? E se eu fizesse a agenda ambiental ‘xiita’ de governos anteriores, o agronegócio estaria no fundo do poço. O mínimo que eu peço pros parlamentares do campo, que eu tenho profunda gratidão e apreço por eles, é que votem no nosso candidato. Pra gente não deixar caducar mais medidas provisórias”, pediu o presidente.

E ainda completou:

“Nada contra o candidato do outro lado, gosto dele, pessoalmente. Agora ele tá junto com PT, PCdoB e Psol. Não preciso falar mais nada”, declarou.

Confira:

Spread the love

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *