Para acabar com ‘Coronafest’ PM usa bala de borracha

Para acabar com ‘Coronafest’ PM usa bala de borracha

Festa estava ocorrendo na cidade de Cerejeiras, Cone Sul do estado. Ao menos 14 pessoas precisaram assinar o TCO.

A Polícia Militar (PM) informou que flagrou uma festa sendo realizada na zona rural de Cerejeiras (RO), na noite de domingo (17), a mais de 800 quilômetros de Porto Velho. Os organizadores do evento tinham intitulado o evento como ‘Coronafest‘ e até bala de borracha precisou ser disparada para que os jovens acabassem com a aglomeração.

A primeira denúncia sobre a festa foi feita à PM por volta de 15h. Uma guarnição foi ao endereço, mas não encontrou movimentação na residência localizada na zona rural.

Por volta de 18, os policiais receberam fotos e vídeos da festa denominada Coronafest, na Estrada 1, Eixo 3. Ao chegar no local, a guarnição constatou a aglomeração de vários jovens, sem o uso de mascaras, ingerindo bebidas alcoólicas, e com som alto.

“Quando viram a chegada da policia militar vários saíram correndo e alguns se esconderam no interior da residência. Tivemos até que efetuar um disparo com munição antimotim pois alguns dos envolvidos estavam alterados”, diz a PM em boletim de ocorrência.

Foi constatado ainda que todos os jovens na festa estavam incorrendo em crime de infração de medida sanitária preventiva, para conter o avanço da Covid-19.

Ao menos 14 pessoas que estavam na festa precisaram assinar o Termo Circunstanciado de Ocorrência, segundo a polícia.. A Coronafest tinha, inclusive, a presença de menores de idade.https://tpc.googlesyndication.com/safeframe/1-0-37/html/container.html

Os policiais apreenderam a caixa de som automotivo usado na festa e a levou até a delegacia de Cerejeiras.

Segundo decreto estadual, que entrou em vigor no fim de semana, encontros com mais de cinco pessoas estão proibidos no estado. A medida visa conter o avanço do coronavírus.

Desde a noite de domingo, Cerejeiras também está na lista de cidades onde foi determinado toque de recolher entre 20h e 6h.

Fonte: G1/RO

Faça seu Comentário