A luta contra o câncer continua e obriga prefeito se afastar do cargo

Espalhar a Notícia
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
O câncer de Covas foi diagnosticado na cárdia, transição entre estômago e esôfago.

Bruno Covas se afastou nesta segunda-feira (18) da prefeitura de São Paulo, para uma nova etapa em seu tratamento contra o câncer

O prefeito foi submetido a uma sessão complementar de radioterapia. É um tratamento no qual se utilizam radiações ionizantes para destruir um tumor ou impedir que suas células aumentem.

O câncer de Covas foi diagnosticado na cárdia, transição entre estômago e esôfago.

Para se recuperar dessa nova fase do tratamento, Covas se licenciou do cargo por 10 dias, para, de acordo com o boletim médico do hospital Sírio Libanês, “repouso e cuidados pessoais”.

Assim, o vice-prefeito, Ricardo Nunes (MDB), assume a gestão da cidade de São Paulo pela primeira vez.

Nas redes sociais, Bruno publicou um comunicado e informou que reassume o cargo no dia 29 de janeiro.

“Hoje completei mais uma etapa do meu tratamento. Foram 24 sessões diárias de radioterapia. Agora, por recomendação médica, tenho que me afastar do trabalho por 10 dias. Nesse período desejo sucesso ao Prefeito em exercício Ricardo Nunes. Estarei à disposição dele se necessário. Sexta que vem retorno à Prefeitura. Obrigado a todos pela compreensão e carinho”.



Fonte: JCO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *