Três homens armados matam pai e filho

Espalhar a Notícia
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Um jovem de 20 anos, outro filho da vítima, escapou da morte após correr pelo matagal enquanto suspeitos assassinavam seu irmão e pai

Cujubim, RO – Pai e filho foram mortos a tiros por três homens armados em uma estrada rural de Cujubim (RO), a 230 quilômetros de Porto Velho, na tarde de segunda-feira (25). As vítimas foram identificadas como Valdir Menino de Godoy, 55 anos, e Isac Braga de Godoy, 25.

Um segundo filho de Valdir, que sobreviveu ao ataque, contou aos policiais militares que a motivação do assassinato seria uma “intriga” por um carreador para extração de madeira na região.

De acordo com a Polícia Militar (PM), os suspeitos chegaram ao local em um carro para uma possível reunião sobre o carreador, porém os mesmos já chegaram armados.

O filho de 20 anos, ao perceber que o grupo tinha arma no carro, se afastou e nesse momento os suspeitos desceram do automóvel. Eles atiraram no olho direito de Valdir e em seguida dispararam contra seu filho Isac, atingindo as costelas do lado esquerdo.

Segundo a polícia, Isac caiu ao solo e os criminosos atiraram novamente, momento que a bala acertou o maxilar e pescoço da vítima.

Os suspeitos tentaram atirar no segundo filho de Valdir e em outra testemunha que estava no local, mas eles correu pelo matagal e conseguiram escapar.

De acordo com a PM, foram disparados cinco disparos de espingarda, sendo três de calibre 28 e dois de calibre 36. As cápsulas ficaram no local da execução.

Após o duplo assassinato, os suspeitos adentraram no veículo Strada e seguiram sentido zona urbana da cidade. A polícia já identificou quem são os criminosos e faz buscas para prendê-los.

Nota de pesar

A Câmara de Vereadores de Cujubim divulgou nota de pesar pela morte de Valdir e do filho, Isac.

“O Presidente da Câmara de Vereadores, srº Gilvan Soares Barata em nome do Poder Legislativo se solidariza quanto a trágica noticia que levou a morte de pai e filho, ambos vitimas da violência que ainda assola nosso País. QUE O TEMPO SEJA CAPAZ DE TRANSFORMAR A DOR DA PERDA EM UMA SAUDADE SERENA PARA QUE VENHA ACALMAR OS CORAÇÕES DAQUELES QUE OS AMAM!”, diz a nota.

Fonte: G1/RO – Colaboração/Rinaldo Moreira, da Rede Amazônica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *