O aquário, o chiqueiro e a aglomeração na final da Libertadores

Espalhar a Notícia
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
A hipocrisia brasileira e a fragilidade institucional no país é grave!

A final da Libertadores da América aconteceu, e o Palmeiras se sagrou campeão. Parabéns aos palmeirenses, e também, porque não, aos santistas pelo honroso vice campeonato.

Mas o que me trás a este texto não é bem isso. O comportamento institucional e da imprensa são os motivos. A fragilidade institucional no país é grave! Lembro-me que à época da Copa do Mundo em 2014, as bebidas alcoólicas estavam proibidas nos estádios brasileiros, mas arranjos aqui, negociatas ali, à base de silenciosos bastidores, e as bebidas foram liberadas nos estádios.

Desta feita, a proibição é da presença de público em jogos no Brasil, por causa da pandemia. Mas, de novo, forças estranhas às leis brasileiras fizeram que fosse liberado 10% da capacidade do estádio do Maracanã, local da final da Libertadores, para as torcidas do Palmeiras e do Santos. E gratuitamente. Coisas de elite!

Com o estádio totalmente livre em seus quase 80.000 lugares, os sempre “iluminados” gestores da ciência na política de controle sanitário da pandemia, permitiram que os milhares de torcedores ficassem locados num pequeno espaço das arquibancadas. Foi criado um AQUÁRIO para os peixes santistas e um CHIQUEIRO para os porcos palmeirenses. Registro aqui, que não há nenhuma intenção de ofensa aos palmeirenses, mas o time verde tem como mascote, como é de conhecimento público, o porco.

E para a conveniência da imprensa, que não sabe fazer outra coisa, a situação criada ficou à mercê dos urubus do caos, para assim que terminasse o jogo, colocasse sua grande narrativa nas capas de suas mídias sujas; a aglomeração!

Toda a imprensa deu destaque, muitas em caixa alta, às aglomerações causadas “pela torcida” no estádio. Ou seja, ainda jogam a culpa na torcida. Covardes!!!

Num ambiente de tensão natural, até mesmo em função do que estava em jogo, o que esperavam as autoridades e imprensa? Acham que estava na arquibancada uma plateia assistindo à peça de ópera Aida de Giuseppe Verdi?

É muita hipocrisia!!!

E aproveitando o ensejo, parabenizo o SBT e a FOX que transmitiram a partida, ao vivo, para todo o Brasil. Tem gente por aí que ficou lambendo os dedos… uma hora a conta chega, não é mesmo???

Foto de Alexandre Siqueira

Por Alexandre Siqueira | Articulista

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *