Último dia de Laerte Gomes como presidente da Assembleia Legislativa

Último dia de Laerte Gomes como presidente da Assembleia Legislativa

Muita gratidão aos meus colegas parlamentares

Meus amigos e amigas de Rondônia, hoje é meu último dia como presidente da Assembleia Legislativa. Foram dois anos à frente deste Poder, onde trabalhei incansavelmente para fortalecê-lo. Primeiramente, quero agradecer a Deus, por ter me sustentado todo o tempo. Sem Ele, eu não chegaria até o final.

Agradeço a todos os membros da mesa diretora, pela lealdade e confiança, com vocês foi possível chegar onde chegamos. Meu muito obrigado pela confiança, aos colegas deputados que sempre estiveram presentes nas decisões importantes, alguns discordando, outros concordando, mas sempre reinando o respeito, e no final a maioria prevalecia. Muita gratidão aos meus colegas parlamentares.

Ao gabinete da presidência da Assembleia e ao meu gabinete parlamentar, liderados pela minha chefe de gabinete, que além de atender às lideranças de todo o Estado, contribuiu na administração da Casa, obrigado pelo apoio, dedicação em tempo integral e por muitas vezes, ter que suportar minhas duras cobranças por resultados, sem vocês não teríamos o êxito que tivemos, agradeço a dedicação dos meus diretores, liderados pelo secretário geral, que teve a responsabilidade de ser o ordenador de despesas da Casa, (atribuição a qual eu abri mão, para dar mais transparência e não ter influência política nas decisões administrativas).

A todos vocês, só tenho que dizer muito obrigado, pela lealdade e competência que mostraram ter nesta gestão, juntamente com todos nossos servidores e colaboradores, foram o segredo para chegarmos até o final de nosso biênio, com os resultados que conseguimos. Aos poderes e órgãos de controle, meus agradecimentos, por sempre terem mantidos um diálogo republicano e pensarmos sempre nos interesses do Estado.

A Imprensa, por sempre divulgar as ações do Legislativo de forma imparcial. Em especial, quero agradecer a minha família e meus amigos, por terem aceitado minha ausência na maior parte do tempo, para poder administrar o Poder Legislativo. Pautei nossa gestão balizada nos princípios da economicidade, transparência e modernização, economizamos com o mesmo orçamento de outras gestões quase 100 milhões de reais em dois anos, cortando contratos, acabando com aluguéis, diminuindo a frota de veículos em 70% e várias outras ações que resultaram em contenções de gastos.

Fizemos a maior reforma administrativa da história da Casa, fazendo a paridade entre servidores efetivos e comissionados no setor administrativo, acabando com 400 cargos comissionados, fruto disso, conseguimos o menor índice de folha de pagamento da história recente da Assembleia, 1.56% da receita corrente líquida (sendo que poderíamos chegar até 1.96%). Informatizamos toda a Casa, implantando o sistema E-TCDF, acabando com processos físicos, também implantamos a TV Assembleia, que já está no ar e é transmitido em Porto Velho, entre várias outras ações que eu ficaria horas aqui para relatar.

Com esta economia, devolvemos parte dos recursos para o Governo do Estado, para celebrar convênios com os municípios, realizamos parcerias com o Governo do Estado, pagamos 61 leitos do Hospital do Amor em Porto Velho, para tratar os pacientes com COVID-19, adiantamos mais de R$ 20 milhões para o Fundo Previdenciário do IPERON (para garantir em um futuro próximo.

O pagamento dos nossos servidores inativos da Assembleia). Pagamos os direitos dos nossos servidores ativos e inativos, que estavam há alguns anos esperando para receber, além de fazer justiça a esses servidores, deixamos recursos em caixa para a próxima mesa diretora.

Na parte legislativa, pautamos e aprovamos mais de 98% as matérias do Executivo e de outros poderes, sem nenhum “Toma Lá dá Cá”, neste quesito, quero reconhecer a postura do governador Marcos Rocha, que sempre tratou a Assembleia de forma republicana e com respeito, sem pressão e cobranças, seguindo a Constituição Federal, somos poderes independentes, porém, harmônicos.

Fizemos diversas audiências públicas, CPIs, como por exemplo, da Energisa, votamos parte da reforma da previdência, deixamos praticamente pronto, os projetos da Resex Jaci Paraná e do Zoneamento Sócio Econômico, que deverão serem votados agora, no mês de fevereiro, entre muitas outras ações na área legislativa. De coração, desejo a nova mesa diretora, liderada pelo presidente Alex Redano, sucesso e discernimento, para tomarem as decisões corretas.

Estou muito feliz, por ter cumprido minha missão, estarei à disposição de vocês, continuarei sendo um deputado atuante, cargo para qual fui eleito. Continuarei fazendo o meu papel, de legislar e fiscalizar, e principalmente, de trabalhar pelos municípios, gosto de andar os quatro cantos do Estado, onde as pessoas moram e os problemas existem. Agora, terei mais tempo para rodar todo este Estado maravilhoso, quero contribuir ainda mais para o desenvolvimento de Rondônia, afinal, somos Gente que Faz!

(Laerte Gomes)

Faça seu Comentário