Segundo Sesau, no total foram transferidos 42 pacientes com Covid para outros estados

Espalhar a Notícia
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Curitiba, Porto Alegre, Cuiabá e Campo Grande foram os estados que aconteceram as transferências.

Rondônia transferiu 42 pacientes para outros estados do Brasil, segundo informações da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) divulgadas nesta terça-feira (2). As transferências ocorrem desde 25 de janeiro, quando pacientes com Covid-19 foram transferidos para hospitais de Curitiba (PR).

Das 42 transferências:

  • 4 foram para Cuiabá (MT),
  • 8 para Campo Grande (MS),
  • 12 para Curitiba (PR) e
  • 18 para Porto Alegre (RS).

De acordo com a Sesau, 12 pacientes foram transferidos em UTI aérea e 30 pacientes com sintomas moderados.9 vídeos

Uma paciente transferida de Rondônia para tratamento da Covid-19 no Mato Grosso morreu na sexta-feira (28), em Cuiabá. Ela havia sido internada na Unidade de Tratamento Intensiva (UTI) do Hospital Casa de Misericórdia em Cuiabá, e após sofrer uma parada cardiorrespiratória, veio a óbito.

Antes de ser transferida, a paciente estava internada no Hospital de Campanha de Rondônia. Ela sofria de asma e o quadro de saúde era grave. A paciente foi transferida de avião, acompanhada de equipes médicas especializadas.

Durante uma live no Facebook na noite do sábado (23), o governador de Rondônia, coronel Marcos Rocha (Sem partido) anunciou a necessidade de transferência de pacientes com Covid-19 para hospitais do Governo Federal em outros estados. Os trâmites foram tratados com o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello.

“Não poderíamos deixar de prestar socorro às pessoas que estavam sofrendo em Manaus. Nossos leitos estão ocupados por pacientes rondonienses e outros vindos do Amazonas e por isso estão todos lotados. Jamais vamos negar apoio a nossa população brasileira, somos irmãos”, disse o governador.

Ainda de acordo com a Sesau, não há previsão para novas transferências, já que o Governo de Rondônia abriu novos leitos de UTI no Hospital de Campanha da Zona Leste e no Hospital do Amor, ambos em Porto Velho.

“Por enquanto, a equipe está conseguindo mantê-los aqui, pois o governo do estado, através da Sesau, ativou mais 10 UTI no CERO totalizando 40 leitos de UTI e mais 12 no Hospital de Amor. Porém se houver necessidade pacientes serão enviados para outros estados”, explicou a assessoria da secretaria.

Fonte: Sesau

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *