Biden diz que decisão sobre Tóquio 2020 ‘tem que se basear na ciência’

Biden diz que decisão sobre Tóquio 2020 ‘tem que se basear na ciência’

Jogos Olímpicos estão programados para começar em menos de seis meses após adiamento por conta da pandemia de covid-19

Qualquer decisão sobre a realização dos Jogos Olímpicos de Tóquio, adiados por um ano por causa da pandemia de coronavírus, tem que se basear na ciência, disse o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, em um programa de rádio.

Os Jogos estão programados para começar em menos de seis meses, e o governo japonês e o Comitê Olímpico Internacional (COI) estão prometendo realizá-los tal como planejados, mas sob condições rígidas que poderiam incluir a ausência de espectadores.

Biden, que falou em um programa de rádio da Westwood One Sports transmitido no domingo (7) durante o intervalo do Super Bowl, disse esperar que a Olimpíada aconteça, principalmente pelos atletas que treinaram tanto para ela.

“Conversei com o primeiro-ministro do Japão, ele está trabalhando muito duro para estar em condição de abrir os Jogos com segurança, a realizar os Jogos, e acho que isso tem que se basear na ciência, se é seguro ou não eles ocorrerem”, disse Biden.

Biden, que tomou posse em janeiro, disse que detesta imaginar os atletas impossibilitados de competir.

“Imagine todos aqueles atletas olímpicos que trabalham durante quatro anos, quatro anos por uma chance, e de repente essa oportunidade se perde.”

“Eles são as pessoas pelas quais me condôo, mas temos que fazê-lo com base na ciência”, acrescentou. “Somos um governo baseado na ciência, acho que o resto do mundo também é. Espero que possamos participar, espero que seja possível, mas ainda veremos.”

A Olimpíada deve começar em 23 de julho e durar até 8 de agosto.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Faça seu Comentário

%d blogueiros gostam disto: