Cerca de 700 empresas em Rondônia foram autuadas em operações do Procon durante pandemia

Cerca de 700 empresas em Rondônia foram autuadas em operações do Procon durante pandemia

As fiscalizações fazem parte do cumprimento do decreto estadual no estado.

O Programa de Orientação, Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) ainda segue notificando empresas dos segmentos de consumo como: vestuário, brinquedos, restaurantes, academias entre outros. As autuações são referentes a práticas de não conformidade com as orientações de distanciamento social emitidas em decretos estaduais de calamidade pública divulgados desde março de 2020.

De acordo com o coordenador do Procon, Ihgor Jean Rego, os autos de infração constatam o descumprimento de orientações, como também a propaganda enganosa e preços exorbitantes, em virtude do cenário pandêmico. Durante o período foram lavrados 700 autos de infrações.

As autuações foram realizadas em várias operações de fiscalização em 2020. “Após a confecção dos autos, os mesmos foram submetidos para a Coordenadoria do Procon para homologação ou não da infração”. Os processos estão sendo encaminhados às empresas anexados com as multas determinadas. “Os empresários notificados, violaram o direito do consumidor e agora serão penalizados. As multas aplicadas variam de R$ 10 mil a R$ 3 milhões”, ponderou o coordenador.

Ihgor, explicou ainda que os autos de infrações lavrados em 2021 já estão sob análise. “De modo geral, as empresas atendem as orientações, porém existem aqueles que não atendem as recomendações e a punição tem que ser pontual, para que a classe compreenda que o Procon não está alheio às necessidades da população. Estamos trabalhando muito, para autuar e penalizar as empresas que não cumprem os seus deveres”.

Fonte: Procon-RO

Faça seu Comentário

%d blogueiros gostam disto: