Mulher é obrigada ir a motel com homem armado

Mulher é obrigada ir a motel com homem armado

Homem foi preso em flagrante por roubo e estupro.

Porto Velho, RO – Uma mulher de 36 anos foi vítima de estupro e obrigada a ir para um motel com um homem que usava uma arma falsa em Porto Velho. Conforme o registro de ocorrência, o caso aconteceu na tarde do sábado (6), na Zona Leste.

Segundo o boletim, a vítima contou que circulava de moto no bairro Lagoa quando foi surpreendida pelo homem que a derrubou do veículo e, usando uma arma, a rendeu e forçou que ela pilotasse até um motel próximo com ele na garupa e sem capacete.

No local, a atendente não liberou a entrada e a mulher foi obrigada a se deslocar a outros motéis da Zona Leste por cerca de uma hora até chegar a um localizado no bairro Teixeirão. Durante o trajeto, segundo a vitima, o agressor passava as mãos nos seios, nádegas e todo o corpo dela.

De acordo com a polícia, no motel do bairro Teixeirão havia um policial penal na recepção, que desconfiou pois o homem estava sem capacete e a condutora da moto nervosa. Ele liberou a entrada e em seguida foi até o quarto verificar o que acontecia.

O policial penal encontrou a vítima chorando e o suspeito tentando forçar a entrada dela no quarto. Com isso, se apresentou como policial e deteve o homem, que portava a arma similar e disse que a situação era “briga de marido e mulher”.

A vítima contou também que antes da intervenção do policial o homem havia falado que já tinha estuprado uma mulher no mesmo dia e que iria matá-la após o estupro.

A Polícia Militar (PM) foi chamada e conduziu o suspeito até a Central de Flagrantes, onde o delegado plantonista confirmou a prisão dele pelos crimes de roubo e estupro.

Fonte: g1/RO

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Faça seu Comentário

%d blogueiros gostam disto: